Prótese de Silicone: saiba detalhes do procedimento mais amado entre as famosas

Por: Rosy Canci | 15/06/22 - 00:50

A mamoplastia ou prótese de silicone, conquistou inúmeras famosas, é um dos procedimentos estéticos mais procurado pelas mulheres, seja para aumento das mamas, rejuvenescimento ou correção após a amamentação.

+ Saiba tudo sobre Beleza & Estilo 

Algumas famosas não assumem que colocaram prótese de silicone, já outras, não têm problema em expor publicamente que fizeram o procedimento, como: Deborah Secco, Claudia Leitte, Ivete Sangalo, Xuxa, Sabrina Sato, Taís Araujo, Ana Hickmann, Gisele Bündchen, Grazi Massafera, Simone, Rafa Kalimann, Simaria, entre outras.

Para responder as perguntas e tirar as dúvidas das nossas leitoras, sobre mamoplastia, conversamos com o Dr. Marcelo Sampaio, que é cirurgião plástico, especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pelo Hospital das Clínicas (USP), com mestrado em Ciências Médicas (USP), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Correspondente Internacional da American Society of Plastic Surgeons.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Taís Araujo (@taisdeverdade)

Metropolitana FM: O que é mamoplastia de aumento?

Dr. Marcelo Sampaio: É o procedimento cirúrgico que visa o aumento das mamas. Geralmente ela é feita com silicone, entretanto, também é possível conquistar mais volume na região através da lipoenxertia.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Veveta (@ivetesangalo)

Metropolitana FM: Para quem é indicada a mamoplastia? Existe contraindicação?

Dr. Marcelo Sampaio: Para mulheres que queiram aumentar o volume das mamas, ou que tenham perdido volume e forma, por exemplo, após a gestação. Nesse caso, o procedimento pode ser combinado com a técnica de mastopexia, que remove o excesso de pele e reergue os seios.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Deborah Secco (@dedesecco)

Metropolitana FM: Quais são as técnicas e tipos de prótese disponíveis?

Dr. Marcelo Sampaio: O procedimento pode ser realizado de diferentes formas, começando pelo corte, que pode ser pequeno, em torno da aréola, na axila ou na parte inferior da mama, por baixo ou por cima do músculo. Já os tipos de prótese são divididos de acordo com os seus formatos e indicações, como a prótese redonda, que tem preenchimento igual no colo e na base; a prótese anatômica, que tem um formato semelhante a uma gota, apresenta aspecto mais natural, com projeção somente na porção inferior da mama; e formato cônico, que é como se fosse o redondo, porém é bastante projetado para a frente, indicado para reposicionar as aréolas e preencher mamas caídas.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ana Hickmann (@ahickmann)

Metropolitana FM: O implante tem a finalidade apenas estética ou pode ser usado em tratamentos, como nos casos de reconstrução e de mamas tuberosas?

Dr. Marcelo Sampaio: Sim. Além da estética que todo mundo conhece, a prótese de silicone é usada para corrigir deformidades congênitas e adquiridas. A síndrome de Polland, que é uma alteração congênita na qual apenas uma das mamas se desenvolve, o silicone é a melhor alternativa para correção. As mamas tuberosa, que é uma má formação, onde as mamas não são desenvolvidas corretamente e apresentam formatos tubulares e também podem ser utilizadas nas mastectomias, cirurgia realizada para tratar o Câncer de mama onde toda glândula é removida.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Simaria Mendes (@simaria)

Metropolitana FM: O implante pode impactar ou prejudicar na amamentação?

Dr. Marcelo Sampaio: O impacto do silicone na amamentação não depende propriamente da prótese, mas sim no acesso que será feito para a inclusão. Na incisão no sulco inframamario, embaixo da mama, o impacto é praticamente nenhum. Nas inclusões por via periareolar, quando se secciona alguns ductos mamários, pode haver algum prejuízo futuro.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxameneghel)

Metropolitana FM: a prótese pode ter alguma relação com os sintomas da doença do silicone?

Dr. Marcelo Sampaio: Os implantes de silicone são modernos e produzidos à base de um gel coeso, que não vazam ou se diluem, mesmo que as próteses se rompam, ou seja, as partículas de silicone não se espalham pelo corpo. Além disso, até o presente momento não existe comprovação da relação dos sintomas com o silicone.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Gisele Bündchen (@gisele)

Metropolitana FM: Qual o custo do procedimento?

Dr. Marcelo Sampaio: Os valores dos procedimentos podem variar de acordo com o médico, tipo de prótese, técnica utilizada, hospital onde será a cirurgia, etc. Para saber mais sobre valores é preciso fazer uma consulta com um cirurgião plástico e saber qual o tamanho desejado da prótese.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Sabrina Sato (@sabrinasato)

Metropolitana FM: Qual a idade mínima indicada para colocação da prótese?

Dr. Marcelo Sampaio: O procedimento pode ser realizado a partir do momento em que as mamas terminaram de se desenvolver. Algumas mulheres ainda na adolescências recorrem à ele, nesse caso, é necessário ter a autorização dos responsáveis. Mas a idade mais indicada é a partir dos 18 anos. Converse com o cirurgião plástico, pois ele tirará todas as suas dúvidas.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Simone Mendes (@simoneses)

Metropolitana FM: Se a paciente não quiser mais ficar com a prótese, tem como retira-la? Fica com excesso de pele?

Dr. Marcelo Sampaio: Sim. É possível remover o implante caso a paciente deseje. Em alguns casos, principalmente quando a prótese é pequena, pode não ser necessário realizar outros procedimentos. Mas, em alguns casos é preciso fazer uma mastopexia para remover o excesso de pele, ou uma lipoenxertia para preencher o espaço.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Grazi Massafera (@massafera)

Metropolitana FM: Como é definido o tamanho correto da prótese de silicone, para cada pessoa?

Dr. Marcelo Sampaio: O médico precisa entender o desejo do paciente. Atualmente existem ferramentas que ajudam bastante, como, por exemplo, a simulação em 3D, com o tamanho escolhido da prótese. A tecnologia facilita muito o entendimento do cirurgião plástico e possibilita que a paciente tenha uma perspectiva do resultado.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Claudia Leitte (@claudialeitte)

Metropolitana FM: O procedimento dói?

Dr. Marcelo Sampaio: Não. Antes de passar pelo procedimento a paciente é anestesiada e não sente nada. Passada a cirurgia, ela passará a tomar medicamentos para inibir a dor. Geralmente, é mais comum sentir apenas um desconforto leve, totalmente tolerável.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Rafa Kalimann (@rafakalimann)

Fique por dentro de todas as notícias dos famosos:

+ Prova da Comida: Participantes comem cérebro de bode e público relata enjoo; confira Tribo vencedora

+ Gravações de Pantanal têm final antecipado, Globo se pronuncia e motivo choca os fãs

+ Tierry se irrita com notícias de vida pessoal e faz revelação polêmica: “Não preciso de fã”

Confira tudo que está rolando no mundo dos famosos!