Após escândalo de racismo com filhos de Gagliasso, presidente de Portugal quebra silêncio

Por: Laís | 01/08/22 - 19:24

Após os filhos do casal formado por Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso sofrerem ataques racistas durante uma viagem à Portugal, o presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, se pronunciou sobre o caso nesta segunda-feira (1).

+ Veja mais notícias dos famosos

Em entrevista ao blog “Portugal Giro”, do jornal O Globo, Marcelo repudiou a atitude da responsável pelos comentários preconceituosos e aprovou a detenção da mesma.

“Todo ato de racismo ou xenofobia é condenável e intolerável. Isso é o básico em uma democracia. É inadmissível. Evidente que se a pessoa ofendida acha que houve atuação inconstitucional, é assim que funciona o estado democrático. E a polícia fez o que devia fazer. Para investigar se há uma atuação criminosa, a função da autoridade é garantir a apuração do fato para saber se houve violação da lei”, disse.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Giovanna Ewbank (@gioewbank)

Em seguida, o presidente ainda admitiu que o racismo existe na sociedade portuguesa, mas pediu que as pessoas não generalizem o caso.

“Racismo é um fenômeno que existe na sociedade portuguesa, não negamos isso, mas não é possível generalizar a todo português. Não pode ser generalizado, dizendo que todo português é racista ou que há uma campanha contra os brasileiros. Do contrário, não explicava a vinda de uma imensa comunidade brasileira. Ninguém é sadomasoquista. Se achassem que não se sentiam bem em Portugal, não vinham”, concluiu.

Entenda o caso

Em nota oficial, a assessoria de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso explicou o ocorrido e reafirmaram que as crianças foram vítimas de discriminação.

“Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas angolanos que estavam no local – cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais ‘pretos imundos'”, diz o comunicado.

“Confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa. Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa”, finalizou o pronunciamento.

Confira tudo que está rolando entre as celebridades:

+ Caio Castro toma atitude inusitada após polêmica de contas em dates: “Não é obrigação!”

+ Após escândalo de racismo, mãe de Bruno Gagliasso defende netos e dispara: “Inaceitável”

+ Fábio Jr e equipe se pronunciam sobre idoso que morreu depois de ser espancado durante show

BOMBOU: MÃE de LEXA toma ATITUDE INUSITADA com do ATOR do filme HARRY POTTER