Giovanna Ewbank afirma que filhos sofreram racismo em Portugal e que avançou em mulher desrespeitosa

Por: Nicole Defillo | 30/07/22 - 21:33

Racismo não acontece somente no Brasil, não. Recentemente, Giovanna Ewbank viajou para Portugal com os filhos e o marido, Bruno Gagliasso, para as férias tão merecidas. Mas, uma residente do país acabou sendo racista com os filhos da atriz.

+ Giovanna Ewbank enlouquece fãs com clique em frente ao espelho: “Mamãe quente”

Segundo relato da influenciadora, ela decidiu não ficar calada diante de tal situação. Ela foi contida apenas por um amigo e por Bruno, enquanto discutia com a mulher que os discriminou. “Sua filha da p*ta. Você é uma racista nojenta”, afirmou Giovanna, após cuspir na moça.

Giovanna foi falar com a mulher depois de ouvir as palavras discriminatórias nas quais ela pedia para “tirar aqueles pretos imundos dali”, ao se referir às crianças e uma família de angolanos que estava passeando pelo local. A situação aconteceu em um restaurante localizado na Costa da Caparica no dia de hoje, 30 de julho.

Giovanna Ewbank afirma que filhos sofreram racismo em Portugal e avançou em mulher desrespeitosa

Giovanna Ewbank afirma que filhos sofreram racismo em Portugal e avançou em mulher desrespeitosa (Foto: Reprodução)

“A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais ‘pretos imundos'”, disse o casal, ao declararem que vão prestar queixas formais contra a agressora.

Tanto Bruno quanto Giovanna receberam apoio de outros artistas e influenciadores quando o caso veio a público. “Eu ainda achei muito controlada e educada. Ver essas coisas acontecendo com os outros é revoltante, imagina com nossos filhos. Não para aceitar”, comentou o cantor Felipe Araújo.

Confira o vídeo completo do momento gravado por um cliente que estava no local:

Em nota, assessoria de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso se pronuncia

Na noite deste sábado, 30 de julho, a assessoria de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso publicou uma nota no perfil oficial dos atores, na qual esclarecia o ocorrido em Portugal.

“Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas angolanos que estavam no local –cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”, escreveu.

A equipe dos artistas ainda deu um parecer sobre o desfecho da situação: “confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa. Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa”.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE GIOVANNA EWBANK E BRUNO GAGLIASSO:

+ Bruno Gagliasso abre o jogo sobre affair com Bruno de Luca

+ Perrengue! Giovanna Ewbank não consegue viajar para Portugal com os filhos; saiba o motivo

+ Suruba? Bruno Gagliasso abre o jogo sobre suposta orgia de Noronha e revela toda verdade

BOMBOU: ENTENDA A ‘BRIGA’ entre MAÍRA CARDI e o EX-BBB PAULO ANDRÉ