Aline Campos demonstra apoio para Klara Castanho e expõe violência: “Já fui estuprada também”

Por: Marcela Rampini | 27/06/22 - 11:45

O relato de Klara Castanho sobre a violência sexual e a gravidez fruto do estupro, além da decisão de entregar a criança para adoção seguindo todos os tramites legais, comoveu a internet e Aline Campos, influenicadora e atriz aproveitou para declarar apoio e revelar que também passou por uma situação parecida. “Eu já fui estuprada também, sim”.

+ Saiba mais sobre notícias dos famosos

“Pensem numa mulher especial. Klara, você é luz e foi vítima de algo infelizmente ainda muito comum em nossa sociedade!”, começou Aline. “Eu já fui estuprada também, sim. Mas não com as mesmas consequências que ela! Mas e se tivesse tido as mesmas? Pode ser, sim, que eu fizesse a mesma coisa ou que tivesse abortado de forma clandestina, cheia de riscos”, assumiu.

Aline Campos aproveitou o momento e fez apelo por acolhimento das mulheres que passam pela situação e expôs que foi vítima de um crime. “O que Klara e todas essas mulheres precisam é de um olhar amoroso, de compaixão, apoio e justiça! Com relação a mim, não se preocupem! Faz muito tempo e já trabalhei muito isso na terapia”, explicou e acalmou os fãs. “Hoje sou mais forte por ter superado. Mas muitas que, por exemplo, não tem o apoio em casa ou não tem condições de fazer também terapia, acabam tirando a própria vida, seja literalmente ou vivendo pra sempre atrás de um trauma que bloqueia a vida em todos os aspectos”, acrescentou.

Confira a publicação:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Aline Campos 🌼🌸 (@soualinecampos)

Antonia Fontenelle se pronuncia sobre Klara Castanho: “Me deixe ajudar. Tenho meios para isso”

Antonia Fontenelle foi muito atacada nas redes sociais depois de ter criticado a decisão de Klara Castanho de entregar a criança para adoção. No entanto, a apresentadora não sabia que a gravidez era fruto de um abuso sexual, já que a atriz divulgou uma carta aberta apenas no sábado (25) a noite.

No vídeo de quase 5 minutos que foi publicado em seu perfil pessoal, a apresentadora da Jovem Pan aparece em um quarto de hospital, onde segundo ela, seu filho mais velho está internado desde o final da semana passada. “Agora é minha vez de fazer isso (oferecer ajuda)”, disse Antonia.

“Klara, você tem 21 anos de idade, não é menor de idade e vai entender. O que chegou até a mim não foi o que você escreveu em sua carta”, iniciou a apresentadora e em seguida, Antonia disse ser contra a violência doméstica e erotização infantil e que, segundo ela, atua no combate a essas atitudes. “Acho abominável! Acho que estuprador tinha que ser morto. Pena de morte para estuprador (…). Apesar de achar que é utopia, é o que eu penso, o que eu desejo!”, afirmou se dirigindo à atriz.

Na sequência do vídeo, Antônia contou ter recebido a informação que Klara teria dado à luz uma criança negra e que na sequência, teria sido entregue a um abrigo de menores. “Eu sei muito bem o que passa uma criança negra em um abrigo à espera de uma adoção”, argumentou e logo depois, a apresentadora ofereceu ajuda para Klara. “Aqui não é papo de internet, não é lacração. É o meu trabalho. Eu quero me colocar a sua disposição para fazer o que estiver ao meu alcance para colocar quem fez isso com você na cadeia”, disparou.

Me deixe ajudar. Me deixe chegar até quem fez isso com você. Eu tenho meios para isso”, reforçou. Confira o pronunciamento completo:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Antonia Fontenelle (@ladyfontenelle)

Leia mais sobre notícias dos famosos:

+ Cofen e Coren se pronunciam sobre o caso de Klara Castanho. Confira!

+ Klara Castanho denuncia enfermeira como responsável por vazar informações e o hospital toma decisão. Confira!

+ Após expor Klara Castanho, matéria de Léo Dias é retirada do ar e diretora de site se pronuncia

Confira tudo que está rolando no mundo dos famosos!