“A infância de uma criança negra é muito dura nesse país”, afirma Taís Araújo à Giovanna Ewbank

Por: Leticia Rafael | 03/08/22 - 13:57

Taís Araújo foi convidada para participar do “Quem Pode, Pod“, apresentado por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme. Durante bate-papo de quase duas horas, a atriz alertou Gioh sobre os possíveis episódios de racismo que Titi e Bless podem sofrer ao longo da vida.

+ Taís Araújo denuncia caso de racismo que sofreu de ator da Globo

Taís Araújo consolou Gioh, afirmando que a entende totalmente. “Eu entendo você, Giovanna! Você não passou nada do que seus filhos passaram, vão passar e tão passando. Eu entendo total a sua revolta. ‘Tem que ir pra porrada'”, respondeu.

Titi ainda fez uma surpresa para Giovanna ?Ewbank e Taís Araújo, que estavam aos prantos

Titi ainda fez uma surpresa para Giovanna ?Ewbank e Taís Araújo, que estavam aos prantos (Foto: Reprodução/Instagram)

Em seguida, a atriz comentou sobre sua preocupação com o emocional e psicológico de Titi, que apareceu no estúdio para abraçar a mãe e dar um beijo em Taís. “Fiquei pensando muito assim: o que é que vai ser da vida de uma menina negra, africana, criada por dois brancos, loiros, de olhos azuis em que o mundo só está a serviço deles?”

“A infância de uma criança negra é muito dura nesse país, e de uma criança negra com uma situação financeira como a deles sobretudo, porque ela vai ter muitos privilégios, muitos acessos, mas, ao mesmo tempo, é de uma solidão imensa”, completou Taís.

Taís Araújo fala sobre a diferença no tratamento com negros e brancos

Taís Araújo ainda afirmou que a sociedade trata um branco diferente de um negro quando precisam chamar atenção de outro branco quando o assunto é racismo. “Só que a gente toma porrada desde sempre. Você dando porrada em outra pessoa branca é encarado de outra maneira de eu dando porrada numa pessoa branca! É o famoso: ‘vocês que são brancos, que se entendam”, declarou a atriz.

O assunto teria surgido após uma crítica que Giovanna Ewbank fez sobre “Medida Provisória“, estrelado por Taís Araújo. O filme conta o drama da comunidade negra ao descobrir que o governo brasileiro promulgou uma lei que os obriga a se mudarem para a África. “Durante o filme existem algumas falas que são racistas e tão naturalizadas, faladas com uma leveza, como se fosse nada. Isso me incomodou de uma maneira”, disse.

Fique por dentro de tudo o que acontece no mundo dos famosos:

+ Luciana Gimenez surpreende ao revelas vício estranho: “Exagerada, eu?”

+ Jade Picon é submetida a procedimento médico após fortes dores

+ Xuxa revela acordo feito com Sasha Meneghel após golpe de R$1 milhão