Dani Bolina fala sobre maternidade real: “Meu puerpério foi péssimo”

Por: Carol Steques | 01/08/22 - 13:23

A ex-Panicat Dani Bolina abriu o jogo e falou sobre maternidade real, puerpério e vulnerabilidade. Em março, Dani deu à luz a sua filha Luna, nos EUA, fruto de seu relacionamento com o atleta Thiago Rela.

+ Dani Bolina exibe boa forma em sacada de apartamento e faz sucesso

De acordo com Dani Bolina, as pessoas só escutam a parte boa da maternidade, e as dificuldades acabam sendo conhecidas somente na prática. “Meu puerpério foi péssimo. Foi difícil me ver naquele estado de vulnerabilidade e, mesmo ciente da situação, não conseguia reverter o quadro. Os hormônios me deram uma rasteira. Eu sempre fui destemida, mas após ver minha filha, me tornei outra pessoa”, explicou Dani.

A ex-Panicat ainda revelou que ficou com medo de sair na rua durante seu puerpério. Dani relata que por quase dois meses acabou se sentindo muito insegura, amedrontada, frágil e vulnerável.  “Fiquei assustada, com medo de sair na rua, não dormia, ficava vigiando minha filha com medo de tudo. Quase enlouqueci meu marido. Além disso, não conseguia dormir e comer. Chorei muitas vezes sozinha e escondida porque mesmo com todos na minha casa sabendo da minha situação, eu não queria me mostrar frágil”, revelou a ex-Panicat.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Dani Bolina (@dbolina)

Dani Bolina relata dificuldades com a amamentação

Além de sentir os efeitos dos hormônios, Dani Bolina também teve complicações de saúde durante os primeiros meses de sua bebê. Além de grande dificuldade com a amamentação. “Fiz redução de mamas em 2017 e estava confortável com a ideia de que talvez não conseguisse amamentá-la. Porém, quando ela nasceu, começou a sair um pouco de leite e tentamos. Eu tentava puxar com a bomba para dar o leite em complemento com a fórmula, mas um dia, do nada, meu peito encheu de uma maneira que empedrou. Não conseguia abaixar o braço e doía muito”, relatou Dani.

A influencer explicou que seus pontos da redução de mama começaram a abrir e acabaram infeccionando enquanto ela tentava amamentar sua filha. “Voltei para o hospital de madrugada, fiz compressas e tentei tirar com a bomba e amamentar a minha filha, mas os seios não diminuíam e os pontos da minha redução de mama começaram a abrir. Tentei amamentá-la ainda assim até que os pontos infeccionaram. Logo em seguida veio a mastite”, declarou.

De acordo com Dani Bolina, a influencer procurou alguns médicos para tratar a sua situação, pois ainda queria continuar amamentando Luna. Porém, foi recomendado que ela secasse o leite, já que oseio estava com uma ferida aberta, inflamada e profunda.

“Se eu continuasse [amamentando], talvez tivesse que passar por uma cirurgia. Fiquei com a cabeça totalmente bagunçada naquele momento porque eu queria amamentar, tinha leite, mas não podia. Foi neste momento que o meu mundo caiu e fiquei pior do que eu estava. Hoje, vendo toda a situação, vejo que foi o melhor a ser feito. Tive o gostinho de amamentá-la por alguns dias. O mais importante é ela estar alimentada, independentemente de qual via”, concluiu.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Dani Bolina (@dbolina)

Confira tudo o que está rolando no mundo dos famosos:

+ Ex-BBB Patrícia Leitte gasta R$150 mil em procedimentos estéticos: “Tudo isso por me amar”

+ Ney Matrogrosso completa 81 anos e revela ter sido viciado em sexo: “Tinha que transar todo dia”

+ Giovanna Ewbank sobre ataques sofrido por Titi e Bless: “Combatendo racismo de frente”

BOMBOU: ENTENDA A ‘BRIGA’ entre MAÍRA CARDI e o EX-BBB PAULO ANDRÉ