Após acusar vocalista do Molejo por estupro, cantor afirma que tentou suicídio

MC Maylon afirma que foi violentado no fim do ano passado

Por: Laís Mylla | 04 fevereiro - 12:07

Após acusar Anderson Leonardo, vocalista do grupo de pagode ‘Molejo’ por estupro, o MC Maylon, de 21 anos, se pronunciou publicamente sobre o ocorrido.

Em entrevista para o portal ‘Quem’, o jovem afirmou, nesta quinta feira (4), que irá até a Delegacia para apresentar as provas que possui contra o músico: “Vou levar o sabonete do hotel e a cueca suja com sangue e esperma dele. Também vou fazer exame de corpo de delito hoje”, contou.

MC Maylon detalhou o ocorrido que afirmou ter vivido. Segundo ele, Anderson chegou a jogá-lo na cama e chamá-lo de ‘viad*’, além de estuprá-lo, fazendo com que ele desmaiasse: “Fiquei muito surpreso porque quando chegou no hotel, ele desligou meu telefone. E me enganou. Eu tinha o sonho de estourar. Sou cantor e dançarino. Ele me jogou na cama, tirou minha roupa, me chamou de viad*. Poderia ter agredido ele, mas como fazer isso com um cara que eu amava e considerava meu pai? Me travei na hora e tomei um choque. Ele me bateu muito, deu tapas na cara, empurrões. Foram trinta minutos tentando me penetrar e começou a sair sangue. Ele falava: ‘pode gritar'”, detalhou.

Ele afirmou que amava o pagodeiro como um pai e está decepcionado com os acontecimentos: “Está muito doloroso mesmo, não esperava ele ter feito isso, era um homem que eu chamava de pai, tatuei o rosto dele no meu braço. E ele fez esse ato de vandalismo”, lamentou.

LEIA TAMBÉM:

BBB21: Maraisa, ex de Bil, quer alertá-lo sobre Karol Conká: “Pular o muro do Projac”

Andressa Suita abre o jogo sobre relacionamento com Gusttavo Lima: “Não vou rotular”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos: