Projota lança disco e fala sobre como o “BBB 21” mudou sua vida: “foi bem difícil pra mim, bem turbulento”

Por: Marcela Rampini | 04/04/22 - 09:22

Projota, 35, foi um dos nomes mais comentados e cancelados durante o “BBB 21”. Depois do reality show, o cantor lançou seu novo disco “A saída está dentro” e dentro do disco, Projota retrata o momento turbulento que viveu durante e pós “BBB 21”, por conta do cancelamento e da perda de familiares.

+ Saiba tudo que está rolando no BBB 22

“É um álbum forte pra caramba. Fala de medo, insegurança, cancelamento, amor e saudade. O ano de 2021 foi bem difícil pra mim, bem turbulento. Além de ter enfrentado a barra que foi o reality show com uma exposição gigante, maior do que eu já tinha conhecido, perdi minha vó, que foi minha mãe, quem me criou desde os meus 7 anos. Como eu sempre fiz, transformei a dor em arte. Eu sinto que Deus vai usando a gente da forma que dá porque vai fazendo a diferença na vida das outras pessoas, especialmente numa pandemia. Acho que todo mundo sofreu alguma perda nesse tempo, de várias formas de se perder algo. É um disco bastante necessário” disse Projota em uma entrevista para a revista Quem.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Projota (@projota)

O cantor aproveitou para explicar que o processo de criação foi bastante inédito para ele. “Nunca tinha feito isso, mas fui com os músicos pro estúdio. Enquanto eles tocavam, eu escrevia. A música foi fluindo não só pelas minhas mãos, mas também pelas de vários caras. A gente estava junto vendo a música borbulhando no estúdio”, lembrou.

Cancelamento e vida pós BBB 21

Além de conversar sobre o lançamento do disco, Projota também relembrou e contou sobre a trajetória no “BBB 21”, o cantor falou sobre o aprendizado de valor inestimável que o programa lhe proporcionou. “Enxergo isso com a sabedoria de quem entende que não dá para discutir com Deus, com o universo. A vida vai acontecendo por algum motivo. As perdas que eu já tive no passado me construíram e me capacitaram para conquistar algumas coisas no futuro. Não só pra mim, mas para as pessoas ao meu redor também, como dar uma condição de vida maravilhosa para a minha filha hoje. Depois de passar pelo olho do furacão e sobreviver, você se sente mais forte para tudo. No meu caso, o crescimento que veio, a oportunidade de enxergar defeitos, o prêmio do ‘BBB’ não paga”, afirmou.

O artista ainda contou que está acompanhando a atual edição do reality show e que ter a experiência do reality transformou sua mente de telespectador. “No começo, foi super esquisito. Hoje eu me coloco no lugar deles. Você fica em casa falando ‘Isso que eles estão fazendo é por causa disso’, porque nem tudo as pessoas conseguem sentir e ver a dinâmica de quem está lá dentro. É uma perspectiva muito diferente. Hoje eu assisto sem julgamento. Para o público, é muito 8 ou 80, vilão ou mocinho, mas hoje eu consigo ver um meio termo.”

Karol Conká fala sobre o BBB 22

O “BBB 22” tem dado o que falar nas últimas semanas no ar. Os confinados têm sido bastante criticados pela postura amena e clima tranquilo na casa por dias. Karol Conká, durante sua participação no programa “Encontro” falou sobre seu processo de transformação desde o “BBB 21”, edição qual ela saiu com a maior rejeição da história e ainda comentou sobre como sua participação no reality afetou diretamente os participantes da atual edição.

Karol não pensa diferente dos telespectadores do programa e avaliou sua participação no reality show durante o programa de Fátima Bernardes. A ex-BBB 21 acredita que sua repercussão negativa afeta o programa.

“Essa edição 21 teve muitas pessoas que fizeram sucesso, e focar no negativo não é muito legal. Essas pessoas têm medo de ir para o reality e se tornarem uma Karol Conká, isso diz muito sobre elas. Tivemos pessoas maravilhosas servindo de bom exemplo”, disse. Karol aproveitou para citar participantes como: Sarah Andrade, Gil do Vigor e Juliette, como tais exemplos.

Logo em seguida, ela afirmou que o programa não foi de todo mal para sua vida. “Todo mundo tem um pouquinho de Karol Conká dentro de si, mas não tem coragem de mostrar essa verdade sobre os sentimentos. Tive uma péssima atitude dentro da casa, reconheci, mas o Big Brother traz muita coisa boa para vida, até para as vilãs. É errar e aprender”, avaliou.

A cantora reafirmou que procurou terapia após a repercussão negativa de suas atitudes no programa e ainda comentou do seu meme sobre “sua língua ser de chicote”, como ela mesma definiu durante o confinamento. “A terapia me ensinou que todos temos essas camadas, mas não nomeiam. O Brasil me chamando de Karoline, Mamacita e ‘Jaquepatombá’ me ajudou muito nesse processo de cura. A gente fala coisas que para a gente não dói, e nos outros machuca“, pontuou a cantora.

Karol ainda comentou que “deu uma reeducada” na persona “Jaquepatombá” e ainda brincou: “Não é porque não dói na gente que não está errado. Se doeu no outro, é porque está errado. Então, comecei a reavaliar essa língua de chicote, passei um mel nela e agora essa língua só beija a boca do meu namorado.”

Leia as últimas notícias sobre BBB 22

+ Arthur, Eliezer, Gustavo e Linn da Quebrada disputam o paredão falso do BBB 22

+ Quem foi eliminado do “BBB 22”? Eslovênia é a eliminada da semana e deixa o Top 10

+ Natália diz que sente saudade de Rodrigo Mussi e assume: “tudo acontece conforme tem que acontecer”

Confira tudo que está rolando no BBB22 e as fofocas mais quentes do dia!