Natália reagiu aos memes sobre a “PregNat” e disparou: “Foi muita zoação… BBBaby”

Por: Marcela Rampini | 13/04/22 - 11:30

Natália foi a décima terceira eliminada do “BBB 22”, a sister deixou a casa com 83,43% dos votos em um paredão contra Gustavo e Paulo André. A modelo já começou a cumprir sua agenda de compromissos pós reality show e durante o “Bate Papo BBB”, a sister reagiu aos boatos da sua suposta gravidez.

+ Saiba tudo que está acontecendo no BBB 22

Ao ficar sabendo dos boatos, a sister riu bastante com a história e admitiu que, quando está nervosa, costuma passar mal. “Está vendo? Fui muito comentada nesse BBB mesmo, misericórdia!”, brincou a sister em conversa com Rafa Kalimann, que explicou como a suposição gerou um mar de memes na web.

“As meninas mesmo me zoavam com isso dentro da casa, porque eu fico nervosa e passo mal mesmo. Elas brincavam com isso constantemente, inclusive quando rolou a questão do Eli balançando o bebê. Foi muita zoação… BBBaby!“, confessou a sister enquanto ria.

Natália fala sobre relação com Eliezer e assume: “Não adianta ter só um amor”

Durante o “Bate Papo BBB”, com Rafa Kalimann, a ex-sister aproveitou para comentar sobre sua relação com Eliezer.

A designer de unha aproveitou a deixa para assumir o carinho especial que cultiva pelo empresário, mas afirmou que os dois serão apenas amigos do lado de fora da casa. Natália ainda comentou que o interesse pelo empresário começou quando ambos estavam trocando olhares.

“Não foi bem um interesse, rolava muita troca de olhares. A gente entende os olhares, isso ficou notório para a Maria, ela estava próxima. Foi bem engraçado. Eu fiquei desesperada. Foi gostoso, foi bom”, confessou Natália, referindo-se a primeira vez que ficou com Eliezer, na ocasião, o brother ainda se relacionava com Maria.

Ao ser questionada sobre um futuro com o affair, Natália foi objetiva e não demonstrou interesse em continuar com o brother. “A gente já teve essa conversa, somos adultos. Eu prezo muito em focar no meu trabalho, na minha carreira, é algo que eu quero priorizar. Não adianta ter só um amor. Ele já tem as prioridades dele. A gente combinou isso”

A apresentadora, no entanto, perguntou se a mineira estava apaixonada por Eliezer, que rebateu sem pensar duas vezes: “Claro que não. Ele é especial, importante, a gente foi se identificando, se respeitando, até o ponto de jogar do mesmo lado, mas paixão é uma palavras muito forte”.

Ainda durante a conversa, Natália comentou sobre o fato de ter tido relações sexuais com Eliezer e disse que os momentos foram importantes para que ela se sentisse desejada: “Eu acho que a sexualidade, na vida de qualquer pessoa, é algo muito importante, mexe com a autoestima, é muito bom ter alguém que te olha com outros olhos. Isso é algo muito importante. A sexualidade é uma das afirmativas pessoais que todo ser humano tem. Imagina você ficar um ano sem ter nada? Fica deprimida. Eu fiquei com muita vergonha, eu sou tímida, fiquei um pouco constrangida. Eu falei: ‘Caraca, não acredito que vou pegar uma camisinha no BBB’. Faz parte. Eu acredito que, no BBB, não teve uma coisa que não tenha acontecido com isso”, finalizou.

Natália fala sobre relação com comadres: “Muitas vezes eu via que ficava pra trás”

Ainda na entrevista com Rafa Kalimann, Natália aproveitou para falar sobre sua relação com as comadres: Jessilane e Linn da Quebrada.

A ex-BBB comentou sobre as brigas que o trio protagonizou em alguns momentos dentro da casa, especialmente durante as festas e regados a álcool. A conversa começou quando a apresentadora perguntou sobre como era para a sister lidar com as diferenças que existiam entre as três. “A Jessi é autêntica, somos parecidas: vai pro canto dela e se ela quer algo, é aquilo. Lina é mais paciente, tem flexibilidade que não tenho, e ela tinha isso de ir muito junto. Isso estreitou a relação das duas”, comentou.

Natália também aproveitou para comentar sobre os momentos em que se sentia excluída pelas amigas. Para ela, a questão foi superada com o tempo e o amadurecimento das relações. “Muitas vezes eu via que ficava pra trás. Aquilo deu um sentimento ruim inicialmente, teve nossas exclusões, e acredito que superei isso de forma leve“, assumiu.

Depois do desabafo, a ex-sister disse como se sentiu no início do confinamento, quando se aproximou das amigas e o grupo das “comadres” se uniu: “No início, pensamos: era o que sobrou (risos). Depois foi gerando identificação de história, carisma, e gerando identificação de coisas, pensamentos. Mesmo atritando, fomos tendo pensamentos iguais, isso uniu mais a gente”, finalizou.

Leia as últimas notícias sobre BBB 22:

+ Natália fala sobre sua trajetória no BBB 22: “Com a minha alegria eu posso ressurgir. Sou uma fênix”

+ Natália é convidada pela Beija-Flor para representar o BBB 22 na Sapucaí: “Tô arrepiada”

+ Pedro Scooby se irrita com atitude de Paulo André e dispara: “Se acha dono das paradas da Jade”

Confira tudo que está rolando no BBB22 e as fofocas mais quentes do dia!