Festival BBB 22: Confira quais serão as atrações do show da Grande Final

Por: Marcela Rampini | 25/04/22 - 13:09

O “BBB 22” está chegando ao fim, a grande final do programa está marcada para acontecer nesta terça-feira (26) e terá oito shows diferentes, incluindo de três ex-bbbs dessa mesma edição. A produção já começou a divulgar alguns spoilers sobre a festa e o line up promete diversos artistas e gêneros musicais.

+ Saiba mais sobre BBB 22

Nomes como Naiara Azevedo, Maria e Linn da Quebrada vão marcar presença na festa, além das apresentações de Jão, Léo Santana, Xamã, Matheus & Kauan e Paulo Ricardo.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Linn da Quebrada (@linndaquebrada)

Durante conversa com Ana Maria, Eliezer falou sobre sua amizade com Vyni: “Eu o via como ser humano”

Na manhã desta segunda, Eliezer foi tomar café da manhã no “Café com o Eliminado” na companhia de Ana Maria Braga e aproveitou a oportunidade para conversar sobre sua amizade com Vyni, amigo inseparável durante a edição do programa.

Durante a entrevista, Eli relembrou a eliminação do influenciador e classificou o momento como o mais difícil de todo sua participação no “BBB”: “Na verdade, a saída dele foi o meu momento mais difícil na casa, não achei que ele fosse sair.” disse o brother para a apresentadora.

O designer gráfico também deixou claro que sua aproximação com Vyni não teve nada de conveniência ou estratégia de jogo. “Não era sobre perder ele por ser forte no jogo, por não ter uma dimensão do que estava acontecendo aqui fora. Eu via o Vyni como ser humano.” Eliezer também aproveitou para destacar que após a eliminação do seu parceiro, começou a conectar os acontecimentos e eliminações com os discursos de eliminação feitos por Tadeu Schmidt. Conseguindo assim, agir de forma mais estratégica.

A apresentadora Ana Maria Braga ainda mostrou uma fala de Vyni, que explicava a amizade com Eli. “Eu realmente não consigo explicar. Por mais que a gente tente explicar não consegue, essa conexão essa troca que a gente teve.” disse. O brother concordou com Vyni e revelou que quer manter a amizade. “Não tem como explicar, é muito especial, muito forte. Da forma mais genuína possível, a nossa relação. O Vyni e a Eslô eu quero levar pra vida toda. Eu me entreguei inteiro pra eles, a presença deles foi essencial pra mim.” finalizou o papo.

Eliezer revela torcida para a final do BBB 22: “ele surpreende um país inteiro”

Assim como todos os eliminados, o brother foi direto para o programa “Bate Papo BBB” conversar com Rafa Kalimann sobre sua trajetória no programa.

Durante a entrevista, Eliezer revelou para quem vai sua torcida para a grande final do “BBB 22”. Segundo o publicitário, Arthur Aguiar é o atual confinado mais merecedor do prêmio de R$1,5 milhão. Mas, além de revelar torcida, Eliezer também comentou um pouco sobre sua relação com o ex-Rebelde: “Quando o Arthur entrou, eu não sabia quem era o Arthur, só sabia dos tabloides, das questões que tinham acontecido com ele fora da casa. E aí ele entrou e veio a imunidade e, nessa imunidade, teve a questão com o Rodrigo. Eu me aproximei do Arthur para escutar o lado dele”

O brother ainda continuou elogiando o ator: “As pessoas antes do Arthur entrar no Big Brother, tinham uma expectativa X dele. Uma expectativa até negativa do que ele seria na casa. Quando ele entra, ele surpreende um país inteiro, e mostra que o Arthur não é isso, nem aquilo. E a gente consegue ver quem é o Arthur de verdade”.

Eliezer falou sobre sua relação com Natália e Maria no BBB 22: “Uma coisa pontual, mais carnal”

Durante a entrevista, o brother foi questionado sobre sua relação com a cantora Maria e também com a designer de unhas, Natália, o ex-brother, no entanto, afirmou que com a primeira affair na casa, estabeleceu um tipo de parceria e com Natália foi uma questão mais “romântica”. “A minha relação com a Maria era bem diferente da Natália. O que aconteceu com a gente, sexualmente falando, foi uma coisa à parte da nossa relação. A gente primeiro construiu uma relação”, explicou Eliezer.

“Se ela ficasse mais, nós seríamos aliados. A gente estava nesse caminho de sermos nós três: eu, ela e Vyni. Estávamos muito próximos quando ela saiu. O caminho era a gente se tornar muito mais aliado do que de fato um romance, um casal“, completou Eli sobre sua relação com Maria.

Sobre Natália, o brother foi mais direto: “A Natália foi uma coisa mais romance, talvez no final, e a Maria não. Uma coisa pontual, mais carnal, mas a nossa relação no jogo continuava firme”, ponderou o empresário. Agora, quando questionado sobre as noites que passou ao lado da sister, Eliezer foi direto: “Foi ótimo, foi uma experiência incrível. Não me arrependo nem um pouco. É supernormal, mas muitos ainda têm tabu sobre sexo. Quando aconteceu, fiquei preocupado com a minha família, porque tenho irmão de 10 anos, minha avó… Fiquei preocupado, porque na minha cidade são todos conhecidos. Imaginei qual seria a repercussão disso”, confessou.

Leia mais sobre BBB 22:

+ Romance após o BBB22! Veja os ex-participantes que passaram esse carnaval juntinhos

+ Rafa Kalimann anuncia gravidez de ex-BBB para Eliezer e brother reage: “Ah, mentira!”

+ Maíra Cardi chantageia Bruna Marquezine e web não perdoa: “Quem tem telhado de vidro não abre a boca”

Confira tudo que está rolando no BBB22 e as fofocas mais quentes do dia!