Cara e Coragem: Andrea segue atitudes de Pat e coloca os ‘Ternos Laranjas’ em risco

Por: Nicole Defillo | 29/07/22 - 18:27

Nesta sexta-feira, 29 de julho, a novela das sete ‘Cara e Coragem’ vai pegar fogo! Andrea vai seguir os passos de Pat (interpretada por Paolla Oliveira) e vai procurar a delegada para contar toda a verdade.

+ Cara e Coragem: Jonathan chama Anita de Clarice

“Nós viemos dar um depoimento. É sobre a carta que encerrou o caso da Lagoa. A carta da empresária Clarice Gusmão. Estamos dispostas a esclarecer tudo o que sabemos sobre a carta”, dirá a artista.

Andrea vai contar tudo o que ela descobriu sobre Clarice — personagem de Taís Araújo — à polícia. A moça vai decidir dar seu depoimento e vai revelar o que reuniu de informações sobre o bilhete que os policiais, até o momento, têm como carta suicida da milionária. Contudo, sua boa ação vai colocar em risco a identidade dos ‘ternos laranjas’.

Cara e Coragem: Andrea segue atitudes de Pat e coloca os 'Ternos Laranjas' em risco

Cara e Coragem: Andrea segue atitudes de Pat e coloca os ‘Ternos Laranjas’ em risco (Foto: Reprodução / Globo)

De acordo com Andrea, Clarice escreveu a carta em uma das muitas reuniões das mulheres do “clube” laranja e essa revelação pode mudar tudo. Clarice escreveu aquelas palavras na nossa frente. Era parte de um exercício de aceitação do luto do pai. Clarice colocou no papel o que gostaria de ter ouvido de Roberto Gusmão, que… Vocês sabem. Ele [Roberto Gusmão] fez isso [morreu] sem se despedir dela. Mas Clarice não se despediu de ninguém! Clarice foi morta, e eu não tenho dúvidas disso, ressaltará a atriz.

Depois de todas essas informações, a delegada Marcela não terá outra escolha a não ser retomar às investigações. O inspetor Paulo vai convocar a imprensa e vai mostrar aos jornalistas que os especialistas estão tentando desvendar o caso.

Mas, Jéssica e Duarte não vão ficar muito felizes não. A coletiva de imprensa sobre as investigações do caso de Clarice vão pegá-los de surpresa e ambos vão encarar a televisão sem palavras.

“Recebemos uma série de depoimentos que atestam que a carta entregue à polícia pelo pescador Samuel [Alejandro Claveaux] não foi escrita como despedida, e sim com outros propósitos que eu não posso detalhar agora”, afirmará a delegada, em entrevista à repórter. “Vou encaminhar a reabertura do caso da Lagoa e apurar as verdadeiras razões para a morte de Clarice Gusmão”, afirmará a delegada.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE ‘CARA E CORAGEM’:

+ Cara e Coragem: Jéssica confronta Anita, mais uma vez

+ Cara e Coragem: Andrea descobre que Pat levou escuta para reuniões

+ Cara e Coragem: Pat descobre plano cruel contra Gustavo, pai do Rico

BOMBOU: ENTENDA A ‘BRIGA’ entre MAÍRA CARDI e o EX-BBB PAULO ANDRÉ