Emicida se posiciona contra movimento antivacina: “Meu argumento é tapa na cara “

O rapper alertou sobre o perigo de seguir certas teorias da conspiração

Por: Laís Mylla | 27 outubro - 15:01

Emicida alertou sobre os perigos do nível de desinformação nas redes sociais. O rapper se posicionou contra defensores de movimentos que não acreditam na eficácia das vacinas.

O assunto repercutiu na última segunda feira (26), após o presidente Jair Bolsonaro minimizar a importância da prevenção e questionar se ‘não é mais barato investir na cura do que na vacina’. Em entrevista ao programa ‘Papo de Segunda’, do canal GNT, o cantor falou sobre as teorias da conspiração contra a vacinação.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Emicida (@emicida) em

Emicida falou sobre a problemática dessas questões e afirmou ser ‘burrice’: “A gente compreende que a necessidade de se proteger coletivamente é uma conquista, um direito. Toda essa névoa de desinformação está conduzindo as pessoas para a morte. É burrice assassina, é ignorância irresponsável […] Meu argumento com quem é antivacina é tapa na cara. Não consigo respeitar quem é antivacina. Acho profundamente perigoso”. Assista:

O posicionamento foi aclamado pelos internautas. Confira a repercussão:

Recentemente, Emicida se revoltou com o vereador Holiday que confirmou o início de sua carreira no rap. Leia mais!

LEIA MAIS:

Emicida terá documentário na Netflix sobre história da cultura negra no Brasil

Anitta e Emicida estão entre os artistas brasileiros indicados ao Grammy Latino 2020

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você