Após recusar vacina da AstraZeneca, Fernanda Torres se imuniza e explica: “Tenho casos de trombose na família”

Atriz conta que estava em busca de doses da Pfizer ou Coronavac, mas a melhor escolha é a vacinação

Por: Karen Ramos | 14 junho - 17:34

Nesta segunda-feira (14), Fernanda Torres tomou sua dose da AstraZeneca e explicou porque recusou a vacina na última sexta-feira (11). Na semana passada, a atriz saiu em busca de vacinas da Pfizer ou Coronavac no Rio de Janeiro, por medo de reações adversas do imunizante da AatraZeneca pelos casos de trombose em sua família.

“Eu tive Covid em dezembro, uma doença insidiosa, que começa quando o quadro viral termina. Catorze dias depois da infecção, tive uma alta súbita do D-Dímero. Tomei anticoagulante, o marcador baixou, mas até hoje não retornou ao nível normal. Tenho casos de trombose na família e, mesmo sabendo do risco ínfimo, mais do que ínfimo, da vacina da AstraZeneca, procurei pela Pfizer nos postos”, explicou em seu Instagram. O caso da atriz havia repercutido nas mídias sociais, e diversos internautas criticaram a atitude de Fernanda.

“Mesmo sabendo do risco ínfimo da vacina da AstraZeneca, procurei pela Pfizer nos postos, cuja chegada ao Brasil havia sido anunciada nos jornais dois dias antes da minha data de vacinação. Fui como qualquer cidadão, não tive informação privilegiada e não pedi que alguém checasse no meu lugar porque achei que aquele era um ato que cabia a mim”, escreveu, e esclareceu que não furou fila para tomar a vacina. “Sei na pele que, mesmo na forma branda, a Covid é uma doença misteriosa, ainda desconhecida, que deixa sequelas. A melhor escolha é a vacinação”.

LEIA MAIS:

Andressa Urach gera polêmica ao procurar namorada para filho de 16 anos: “Enviem currículo”

Larissa Manoela posta foto chorando no dia dos namorados e escreve: “Está tudo bem sofrer”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você