WhatsApp volta atrás e não limitará funções de quem não aceitar os novos termos de uso

Nova politica entrou em vigor em 15 de maio após uma série de adiamentos e polêmicas

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 29 maio - 19:56

Depois da grande polêmica gerada pelos novos termos de uso do WhatsApp e  uma série de entraves jurídicos, a Facebook parece ter desistido de limitar as funções do aplicativo para aqueles que não aceitarem as novas regras.

Em um comunicado enviado ao site The Next Web, a empesa diz o seguinte: “Dadas as recentes discussões com várias autoridades e especialistas em privacidade, queremos deixar claro que atualmente não temos planos de limitar o funcionamento do WhatsApp para aqueles que ainda não aceitaram a atualização”.

Os usuários serão apenas lembrados de atualizar os termos quando estiverem usando o aplicativo ou alguma função opcional relevante, como a comunicação com empresas que usam o WhatsApp Business.

Como antecipado na matéria que fizemos quando os termos entraram em vigor em 15 de maio, aqueles que ainda não concordaram com a possibilidade de o aplicativo enviar dados ao Facebook começariam a receber uma série de alertas e funções como o acesso às conversas, ligações e envio de mensagens seriam restringidos aos poucos até o bloqueio total do mensageiro.

Pelo menos por enquanto, esse método será abando nado pela empresa. Basta saber se a decisão é definitiva ou se o risco de ter o uso do aplicativo bloqueado pode voltar no futuro.

Desde o anúncio da nova política, o WhatsApp vem perdendo bastante público para aplicativos rivais como Telegram e Signal. A mudança também motivou uma série de processos judiciais ao redor do mundo como o que proibiu o aplicativo de enviar dados ao Facebook na Alemanha e a recente decisão na Índia que impede a aplicação das novas regras.

Os novos termos permitem que o aplicativo colete dados de conversas com perfis comerciais e os envie para o Facebook. Esses dados serão utilizados para formar perfis dos usuários e direcionar material publicitário na rede social. Para saber mais sobre o que muda, leia o texto que preparamos sobre os impactos da polêmica atualização dos termos de uso da empresa.

Veja mais sobre o WhatsApp:

Entenda o que muda com a nova política de privacidade do WhatsApp

Golpes pelo WhatsApp passam a ter penas de até 8 anos de prisão

Veja como fazer e solicitar pagamentos pelo WhatsApp

WhatsApp libera função de acelerar mensagens de voz

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: