TikTok é banido do Paquistão por “promover vulgaridade”

Aplicativo já tinha sido congelado no país no ano passado

Por: Gabrielle Gonçalves | 16 março - 00:45

O TikTok foi banido no Paquistão, na última quinta-feira (11). A Autoridade de Comunicação Paquistanesa (PTA, da sigla em inglês) já tinha congelado o uso do aplicativo no ano passado. Agora, o órgão anunciou novamente o bloqueio, desta vez, por tempo indeterminado.

Foto: Reprodução/TikTok

A decisão foi tomada pelo juiz Qaiser Rashid Khan, chefe da Alta Corte de Pexauar, uma das capitais administrativas do país. Segundo ele, o TikTok trazia conteúdos “inaceitáveis para a sociedade paquistanesa” e ainda estaria “promovendo a vulgaridade”.

Em nota pelo Twitter, a PTA anunciou a medida: “Em respeito às ordens da Alta Corte de Pexauar, o PTA informa a provedores de serviço o bloqueio imediato ao app do TikTok. Na audiência de hoje, a PHC determinou o bloqueio do aplicativo”.

O aplicativo já havia sido congelado no Paquistão em Outubro de 2020, por conter vídeos considerados “imorais” e “inadequados”. Diante da situação, o TikTok havia prometido oferecer políticas de uso que se adequassem às leis do país. “Especificamente para o Paquistão, nós aumentamos o time de moderação para língua local e temos mecanismos para reportar e remover conteúdos que violem nossas diretrizes”, disse a empresa para o portal de notícias americano, The Verge. Ainda não se sabe se a rede deve adotar a mesma medida com a nova restrição.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você