Picpay lançará em breve um novo recurso de “empréstimos informais” em seu aplicativo

Picpay terá "empréstimos entre amigos", e ajuda evitar calote

Por: Aline Rocha Lemos | 28 março - 13:44

A plataforma está expandindo cada vez mais com seus serviços financeiros, em função de quem realiza tarefas cotidianas de pagamentos.

O novo recurso “P2P lending” está passando por fase de testes, mas chegará nos próximos meses. Em uma entrevista confirmada pela Exame, o vice-presidente de Serviços Financeiros Picpay, Eduardo Chedid, diz que o novo recurso será expandido para todos os usuários da plataforma, e será ligado aos seus contatos salvo na agenda no celular.

Aplicativo Picpay, de serviços financeiros

Imagem: Divulgação/Picpay

Funciona assim, você selecionará o contato salvo em sua agenda, para receber o dinheiro ou pagar a alguém que você está devendo. Afirma, que ao configurar a transição tem um contrato gerado com os detalhes.

São basicamente “empréstimos informais”, que por sinal, está sendo levado mais a sério. O aplicativo atuará na espécie de intermediário da situação, avisando a data que o devedor deve te pagar, e caso alguém não o pague, a plataforma avisará que provavelmente levou um calote.

As taxas dos empréstimos são negociadas entre as pessoas envolvidas. Mas a companhia inicialmente cobrará um taxa de 0,10% sobre o empréstimos, afirma.

LEIA MAIS:

Pix pode virar uma “identidade digital” no futuro, diz presidente do Banco Central

Pix Cobrança é adiado novamente pelo Banco Central

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: