Facebook bane mais de 1,3 bilhão de contas em combate às fake news

A rede social também afirma bloquear milhares de usuários todos os dias e ter hubs centralizados contra a desinformação. Veja mais detalhes do relatório divulgado nesta semana.

Por: Gabrielle Gonçalves | 23 março - 22:07

O Facebook anunciou ontem (22) que desativou mais de 1,3 bilhão de contas falsas entre outubro e dezembro de 2020. A ação faz parte dos esforços da empresa em combater as fake news e a desinformação, sobretudo relacionadas à pandemia.

Foto: Reprodução / Reuters

As informações foram divulgadas pelo vice-presidente do Facebook, Guy Rosen, no blog oficial da rede. Nesta semana, o Comitê de Energia e Comércio da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos deve examinar como as plataformas de tecnologia estão lidando com a desinformação online.

No comunicado, o Facebook anunciou que adota uma postura rígida contra contas falsas e bloqueia milhões delas todos os dias. Além de terem desativado 1,3 bilhão de contas fakes, a rede diz investigar e eliminar operações secretas de influência estrangeira e doméstica que dependem delas.  Nos últimos três anos, foram removidas mais de 100 redes consideradas de comportamento inautêntico coordenado.

O Facebook também entende que informações incorretas podem ser divulgadas por pessoas reais, mesmo que de boa fé. Para estes casos, a empresa diz existir uma rede global de mais de 80 verificadores de fatos independentes, que revisam o conteúdo em mais de 60 idiomas. Quando algo é considerado falso, a distribuição é reduzida para que menos pessoas o vejam ou ainda são colocados rótulos de aviso com mais informações.

Falsas informações sobre a Covid-19 são consideradas mais graves para o Facebook. Nestes casos, a publicação é removida da rede social. A empresa divulgou que trabalha com Inteligência Artificial para retirar o material incorreto e que, desde o início da pandemia, já removeu mais de 12 milhões de conteúdos sobre COVID-19 e vacinas. Também existem hubs centralizados que trabalham especialmente no combate à desinformação.

“Como acontece com todo desafio de integridade, nossa aplicação nunca será perfeita, embora estejamos melhorando o tempo todo. Embora ninguém possa eliminar totalmente a desinformação da Internet, continuamos usando pesquisas, equipes e tecnologias para enfrentá-la da maneira mais abrangente e eficaz possível”, completou o vice-presidente Guy Rosen.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você