Dono de Mustang Mach-E recebe ameaças de proprietários de Tesla

Proprietários do modelo vêm delatando intensa agressividade de usuários nas redes sociais

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 08 abril - 19:49

A briga das montadoras pelo mercado de veículos elétricos está cada vez mais acirrada.

Cada vez mais fabricantes entram na jogada e metas ousadas já estão sendo traçadas buscando a eletrificação total dos catálogos.

No entanto, parece que a briga não fica limitadas às grandes empresas. Alguns fãs e proprietários de modelos Tesla, talvez descontentes com o aumento da concorrência da marca, começaram a ameaçar e constranger usuários que elogiam o modelo elétrico esportivo da Ford, Mustang Mach-E.

Mustang Mach-E First Edition (Foto: Divulgação/Ford )

O Mustang fez tanto sucesso entre os consumidores que foi um dos principais responsáveis pela redução da participação da Tesla na venda de carros elétricos no mercado americano. O número caiu de 81%, em fevereiro de 2020, para 69% em março deste ano.

A história dessa “briga de torcidas” foi exposta pelo americano Sérgio Rodriguez, 41 anos e veterano do exército dos EUA, por sua conta do Twitter.

Rodriguez adquiriu um modelo Ford Mustang Mach-E na Califórnia e dirigiu de volta à sua casa na Georgia, totalizando uma viagem de 3.907 km.

Mustang Mach-E First Edition (Foto: Divulgação/Ford )

Segundo ele, quando começou a elogiar o modelo recém-adquirido, começaram a surgir uma série de comentários no Twitter criticando-o, constrangendo-o e pregando que a Ford o estaria pagando para falar bem do carro.

O mais curioso é que o ex-militar também possui um Tesla Model X 2020 em sua garagem, mas isso não parece arrefecer a fúria dos internautas.

A história, disse Rodriguez ao Detroit Free Press, tomou proporções maiores quando um usuário divulgou os tweets em uma página do facebook exclusiva de proprietários de modelos Tesla.

Ford Mustang Mach-E

Interior do Mustang Mach-E First Edition com multimídia vertical de 15,5 polegadas (Foto: Divulgação/Ford)

Apareceram comentários como “Espero que seu carro perca o controle e bata” ou “seu carro vai pegar fogo enquanto você dirige”. Segundo ele, algumas pessoas até enviaram mensagens privadas o ameaçando de morte.

A história tomou proporção tamanha que até o porta-voz da Ford, Mike Levine se posicionou e se compadeceu por Sergio Rodriguez. O executivo também foi alvo da fúria de fans da Tesla por defender proprietários do Mustang Mach-E.

Sergio revelou ao jornal americano que parte dele quer se livrar do Tesla que tem. “Se isso é o que se associa a ser um dono de Tesla, por que eu gostaria de fazer parte desse grupo?”.

Veja também:

Novo carro elétrico da Mercedes fará 770 km com apenas uma carga, e pode concorrer com a Tesla

DICA: Como saber quanto de energia gasta um carro elétrico?

A Tesla está cobrando o dobro de alguns clientes por seus carros, afirma relatório

Segway Apex H2 é primeira moto híbrida a hidrogênio do mundo 

 

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: