Autoridades dos EUA pressionam Facebook contra a criação de Instagram para crianças

Procuradores de 40 estados americanos assinaram carta pedindo para a empresa abandonar o projeto

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 11 maio - 14:29

Procuradores-gerais de 40 estados americanos assinaram uma carta endereçada ao Presidente Executivo da Facebook, Mark Zuckerberg, nesta segunda-feira (10),  para pressionar a empresa a abandonar a ideia de um Instagram exclusivo para crianças de até 13 anos de idade.

Na carta, os procuradores alegam que o uso de redes sociais pode ser prejudicial à saúde e ao bem-estar das crianças, que não estão preparadas para enfrentar os desafios de ter uma conta nas redes sociais.

Os procuradores ainda dizem que a empresa “tem falhado historicamente em proteger o bem-estar das crianças em suas plataformas” e mencionam matérias de 2019 que apontavam uma falha no serviço do Messenger Kids que permitia a crianças burlarem as regras de controle dos pais dentro da plataforma.

A carta ainda cita estudos que associam o crescimento do número de jovens com distúrbios mentais e sob tratamentos com a disseminação do uso de redes sociais e smartphones.

A criação de um Instagram exclusivo para crianças já gerou grandes discussões na comunidade e foi alvo de intensos protestos. para os procuradores, parece que a empresa não está trabalhando para atender a uma demanda, mas, sim, para criá-la.

A Facebook, até o momento, não deu sinais de recuará com a ideia, mas antecipou que não colocará nenhum tipo de anúncio dentro do serviço.

Veja também:

Instagram para crianças recebe críticas de ONG contra publicidade infantil

Facebook está trabalhando em um Instagram para crianças menores de 13 anos

Facebook envia aviso a usuários de IOS justificando o rastreamento de dados

Nova política do iOS provoca tensões entre Apple e Facebook

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você