Programa de reparo independente da Apple, está se expandindo para muitos países onde os produtos são vendidos

Confira todos os países que obtém o programa de reparo da Apple

Por: Aline Rocha Lemos | 30 março - 08:08

Você que tem IPhone, muitas vezes já deve ter quebrado e assim que foi arrumar, se deu conta do valor caro que cobram, e ainda sem garantia de que as peças sejam originais. Mas atualmente a Apple está expandindo para mais de 200 países com seu reparo independente de todos os celulares da marca, provavelmente próximo da onde você mora, terá uma assistência sendo fornecida com peças oficiais da Apple, a marca anunciou recentemente.

Programa de reparo da Apple, chegará em diversos países

Imagem: Divulgação/Apple

Por hora, o programa está disponível apenas nos EUA, Canadá e Europa, mas de acordo com anúncio da Apple, fornecedores de reparos de países como Austrália, Japão e Coréia, poderão aderir esta semana, com fornecedores de ainda mais países, incluindo a China, o programa terá vigor ainda este ano, afirma The Verge.

E caso você trabalhe consertando celulares, há outras informações que você deve saber. A adesão ao programa de reparo com a Apple, acompanhará um contrato que supostamente dá à Apple o direito de vigiar as oficinas e multá-las caso encontre algo de errado nas peças. A empresa cobrará US$ 1.000 por transação para qualquer loja que consiga usar peças falsas em mais de 2% dos reparos, de acordo com um relatório da Motherboard.

Com isso, o cliente poderá ficar mais tranquilo, que não podem ser fornecidas peças falsas, terá que ser tudo legalizado e original da marca Apple, caso contrário, a oficina que fornece os reparos saíra com enorme prejuízo. E o programa irá oferecer aos provedores de reparos acesso a peças, ferramentas, manuais de reparo e diagnósticos genuínos para peças fora da garantia, afirma Apple.

LEIA MAIS:

Apple Music lançará recurso “Saylists” para usuários com distúrbios de fala e som

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: