Apple recebe novo processo por possível incêndio causado por iPad

Casa do usuário do dispositivo foi incendiada e teve prejuízo de US$ 142 mil

Por: Adriane Garotti | 28 março - 17:28

A Apple está enfrentando um novo processo referente a um incêndio que, possivelmente, tenha sido causado por defeitos no sistema elétrico de um iPad da marca. O norte-americano Michael Macaluso foi quem levou o caso até a justiça, que agora está sendo tratado no Tribunal Federal dos Estados Unidos.

Macaluso afirma que seu dispositivo da Apple não sofreu nenhuma alteração de fábrica e que a bateria estava em perfeito estado de uso – aparentemente. O incêndio queimou toda a casa do cliente da marca, resultando num prejuízo de US$ 142 mil. 

Logo da Apple na fachada do prédio

(Foto: Divulgação/Apple)

A Apple já passou por processos semelhantes recentemente, também com o aparelho iPad estando em foco. Em 2019, Julia Ireland Meo afirmou que a bateria do seu iPad tenha sido a principal causa do incêndio de seu apartamento. Este caso teve um final trágico, já que seu pai não resistiu.

Amy Hall, uma cliente britânica, afirmou em relatos que seu cobertor chegou a pegar fogo após um defeito no carregador de seu iPhone. A menina de apenas 17 anos foi salva pela mãe. Ambas afirmam que o adaptador era original da Apple. 

A empresa sempre ressalta a importância de checagem periódica nos seus aparelhos. O processo que investiga se o incêndio foi mesmo causado pelo iPad ainda está em andamento e não tem uma resposta definitiva.

LEIA MAIS:

Lançamento da Apple, novo IPad Pro vaza antes do evento

Apple pode desenvolver pés retráteis para os MacBooks

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você