Zoom anunciou fundo de US$ 100 milhões para investir nos aplicativos que utilizam sua tecnologia

A plataforma de videoconferência visa expandir seu alcance de usuários e incentivar o desenvolvimento de novas ideias

Por: Adriane Garotti | 19 abril - 17:44

Nesta segunda-feira (19), o Zoom anunciou um fundo de US$ 100 milhões para serem investidos em empresas e startups – negócios emergentes que visam desenvolver e aprimorar determinado setor. O “Zoom Apps Fund”, como foi denominado o novo fundo da plataforma de videoconferência, irá investir em negócios que criam aplicativos baseados na tecnologia do Zoom.

Todo esse processo se estrutura na utilização do software de videoconferência da empresa. Após essa passagem, os “Zoom Apps”, como são chamados esses aplicativos desenvolvidos pelas startups, conseguem aprimorar e adaptar alguns recursos sem deixar de utilizar a tecnologia em nuvem do Zoom. 

Logo azul com confete do Zoom Apps Fund

(Foto: Divulgação/Zoom)

Eric S. Yuan, fundador e CEO do Zoom, explicou em comunicado o intuito da criação desse fundo. “O que aprendi no ano passado é que precisamos manter as reuniões produtivas e divertidas. Minha esperança é que o Zoom Apps Fund ajude nossos clientes a se sentirem mais felizes e colaborar de forma ainda mais perfeita, mas, ao mesmo tempo, ajude os empreendedores a construir novos negócios conforme nossa plataforma evolui”, disse. 

Uso intensivo das plataformas de videoconferência

Não é segredo para ninguém como essas grandes plataformas de videoconferência cresceram desde o último ano de 2020. Nomes como Microsoft Teams, Google Meet e principalmente o Zoom, passaram a ficar mais conhecidos devido a instauração do sistema home office na vida das pessoas. 

Desde então, o próprio Zoom chegou a registrar uma receita com aumento de 369% em relação ao passar dos últimos anos. Isso mostra como o isolamento social inseriu esse tipo de plataformas de videoconferência no dia a dia das pessoas. 

Mas, vale lembrar que empresas também passaram a se relacionar através dessa ferramenta de vídeo. Esse é um dos motivos para que o Zoom lance esse fundo agora, com intuito de utilizar o grande alcance que está tendo. Segundo a plataforma, eles não têm o intuito de ocupar lugares no conselho de onde forem investir.

LEIA MAIS:

Atualização do Microsoft Teams vai permitir utilização de códigos para ingressar em reuniões

Facebook deve anunciar recurso de postagem de áudio no feed em breve

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: