Microsoft estaria negociando compra do Discord

Aquisição pode chegar em US$ 10 bilhões (cerca de 55 bilhões de reais)

Por: Gabrielle Gonçalves | 23 março - 20:07

A Microsoft está em negociações para a compra do Discord. Segundo informações obtidas pela agência de notícias americana Bloomberg, a dona do Windows estaria conversando com executivos da plataforma de comunicação para uma aquisição que pode chegar em US$ 10 bilhões (cerca de 55 milhões de reais).

Fachada da Microsoft

A Microsoft já teve uma parceria com o Discord no XBox. Foto: Reuters / Reprodução

Lançado em 2015, o Discord surge como um serviço de bate-papo para jogadores de videogame. Ele é uma ferramenta de chamadas de voz e vídeo, assim como o Skype, o Google Meet e o Zoom. Em 2020, os fundadores do app anunciaram um novo foco para a empresa, como um “serviço para todos”. Hoje, o Discord pode ser usado para grupos de estudo, clubes do livro, aulas de dança e reuniões no geral.

Com a quarentena, o recurso se tornou cada vez mais popular. São cerca de 140 milhões de usuários ativos por mês. A compra dele pela Microsoft pode ser mais uma tentativa da empresa de se fortalecer no mercado dos games. No ano passado, a empresa havia anunciado a aquisição da produtora ZeniMax, por US$ 7,5 bilhões.

Além da Microsoft, outras marcas também estariam interessadas no Discord. É o caso da Amazon e da Epic Games. No entanto, uma fonte revelou à Bloomberg que a empresa pode recusar a compra e seguir um outro caminho. A plataforma também estaria estudando a possibilidade de abrir capital na bolsa de valores.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: