Google testa ferramenta para registrar saúde dos usuários

Nova aposta da empresa é parecida com o app Saúde da Apple

Por: Gabrielle Gonçalves | 12 abril - 22:11

Depois de 13 anos, o Google está voltando a registrar a saúde dos seus usuários. A empresa lançou uma ferramenta na qual as pessoas podem ver, organizar e compartilhar dados de registros médicos. Cerca de 300 pacientes que usam Android foram recrutados para os testes nos Estados Unidos.

Foto: Freepik

Em 2008, o Google já tinha lançado algo parecido, com o Google Health. Nele, as pessoas também podiam cadastrar e chegar suas informações de saúde. No entanto, o serviço foi desativado em 2012, por não conseguir uma base de usuários satisfatória.

Agora, a aposta da empresa vem com o fato de as pessoas estarem cada vez mais conectadas em seus smartphones do que estavam há uma década. A Apple já tem uma iniciativa parecida, com o aplicativo Saúde. Desde 2018, os usuários do iOS também podem adicionar seus registros médicos no app.

Outro trabalho de registros médicos do Google é o Care Studio, que auxilia os médicos e outros profissionais da saúde a terem acesso às informações dos pacientes. Neste mês, a empresa adicionou mais um hospital parceiro à sua rede de hospitais Ascension, dos EUA, como parte do programa piloto. O esforço atraiu várias críticas sobre compartilhamento de dados.

Além do Care Studio, o Google tem outros programas também ligados à área da saúde. O Nest Hub monitora o sono, e o Google Fit, as atividades físicas. Agora, a empresa também anunciou o Heads Up, para lembrar as pessoas de prestarem atenção por onde estão andando e evitarem de tropeçar.

Fonte: Stat News

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: