Google Fotos deixará de ser gratuito a partir de 1° de junho

Serviço passa a compartilhar os mesmos 15 GB de armazenamento disponíveis para outros serviços Google

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 27 maio - 18:52

A Google já anunciou há tempos o fim da gratuidade de seu serviço de armazenamento de fotos em nuvem, mas o prazo final se aproxima.

A partir da próxima segunda-feira (1),  o upload ilimitado de arquivos de vídeo e imagem para o serviço será bloqueado para todos os usuários do mundo. A ferramenta passará a compartilhar os mesmos 15 GB de espaço de outros serviços da Google como o Drive e Gmail.

Para quem quiser mais espaço para guardar seus arquivos, será necessário assinar o Google One. O espaço disponível para compra parte dos 100GB, pelo preço de R$ 6,99 mensais, e chegam aos 30 TB, disponível pela mensalidade de R$ 1.049.

Para tranquilizar os usuários, a Google divulgou que todos os arquivos inseridos no Fotos antes da data limite de 1 de junho não contarão para os 15 GB disponíveis. Portanto, aqui fica nossa primeira dica: suba todos os arquivos pendentes até lá.

Como em outro serviços, o Fotos calculará uma estimativa de quanto tempo resta para se esgotar todo o espaço disponível baseada na frequência de backups feitos pelo usuário. Quando próximo do limite, a empresa se compromete a emitir um alerta dentro do serviço e enviar um comunicado pelo e-mail cadastrado.

No entanto, mesmo que mais restrito, a Google diz que cerca de 80% dos usuários de seus serviços não ultrapassarão o limite de 15GB. Caso o uso seja casual, não há muito com o que se preocupar com a mudança da próxima semana.

Leia mais sobre o Google Fotos:

Google Fotos terá pastas com senha e imagens animadas por IA

Google Fotos insere ferramenta para melhorar nitidez das imagens

Google Fotos poderá ficar mais inteligente com novos filtros de busca

Google Lens passa a fazer parte da versão desktop do Google Fotos

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: