Apple Music recebe suporte para Dolby Atmos e Lossless Audio

Recursos chegam aos dispositivos Apple no próximo mês sem custos adicionais

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 17 maio - 18:38

A Apple divulgou, nesta segunda-feira (17) uma nova atualização para seu serviço de streaming de músicas, Apple Music, que receberá suporte para áudio espacial e sistema Dolby Atmos.

A função traz reprodução de áudio em todas as direções, o que dá a sensação de tridimensionalidade do som. Isso permite aos artistas “criarem experiências de áudio envolventes para seus fãs com som verdadeiramente multidimensional e clareza”.

A novidade chega para algumas milhares de músicas na plataforma a partir do próximo mês. Segundo a empresa, o novo recurso por ser aproveitado em todos os modelos de AirPods, fones da Beats equipados com chip H1 ou W1 e nas mais recentes versões de iPhone, iPad e Mac.

captura de tela do aplicativo

Apple Music

Todos os produtos compatíveis com o áudio dimensional serão indicados com um selo e incluídos em listas de reprodução para que os usuários descubram novas experiências.

A Apple prometeu não se limitar a essas milhares de produções do lançamento e trazer suporte para novos artistas e músicas em breve.

Essa novidade também é acompanhada da adição do sistema Lossless de som, que promete reduzir as perdas das compressões de áudio e passar exatamente o que foi criado em estúdio ao ouvinte.

O Lossless chegará junto do Dolby Atmos e será compatível com quase a totalidade das músicas disponíveis na Apple Music. Para isso, é preciso que o dispositivo esteja atualizado com a última versão do IOS.

Para configurar a qualidade, o usuário terá de entrar em seus ajustes de música, clicar em “qualidade de áudio” e selecionar a opção desejada para reprodução, download e quando conectado à Wi-Fi.

As opções vão desde a padrão para CDs (16 bits a 44kHz) até 24 bits a 192 kHz (apenas para dispositivos externos com conversor USB DAC).

É bom lembrar que, quanto maior a qualidade escolhida, maior o gasto de dados para reprodução e espaço para download no dispositivo.

A melhor das notícias, no entanto,  é que as adições não demandarão nenhum pagamento extra do usuário.

Veja também:

Apple demite engenheiro acusado de misoginia após petição de funcionários

UE acusa Apple de práticas anticompetitivas em serviços de streaming de música

Apple lança iPhone 12 roxo no Brasil

Nova política do iOS provoca tensões entre Apple e Facebook

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: