Amazon decide abrir um salão de cabeleireiro em Londres para testar novas tecnologias

Venha conferir o quanto será inovador

Por: Aline Rocha Lemos | 20 abril - 11:43

Quem imaginou que a Amazon iria abrir um salão de beleza? Pois é, a empresa fornece de tudo que podemos imaginar e agora quer expandir sua tecnologia em salão de cabeleireiro também. A companhia está abrindo seu Amazon Salon na área de East End Spitalfields, em Londres, onde afirma que testará “a mais nova tecnologia do setor”.

No entanto, a empresa desenvolveu um aplicativo de realidade aumentada que permite que os clientes vejam como os diferentes estilos e cores de cabelo ficam neles antes de decidirem por uma mudança.

Amazon abre um salão de beleza em Londres, para testar novas tecnologias

Aplicativo mostrando como ficaria o novo visual da cliente – Imagem: Divulgação/Amazon

A empresa cita em blog, “Este será um local experimental onde apresentaremos novos produtos e tecnologia, e não há planos atuais para abrir qualquer outro local do Amazon Salon”, afirma. A empresa continua crescendo mais e mais, e entrando em diversos segmentos de mercado.

Aparentemente, parece uma modesta manobra de marketing destinada a sinalizar as ambições da empresa nos setores de moda e beleza em geral. Esses são setores que a Amazon luta a muito tempo para entrar, a chegada do Amazon Sale em Londres segue o lançamento da empresa de sua linha de produtos Amazon Professional Beauty Store no Reino Unido, uma loja online que vem produtos de beleza no atacado para empresas revenderem.

O Amazon Sale ocupará mais de 1.500 pés quadrados de espaço em dois andares em um local na Brushfield Street. Além de ter ferramentas para brincar com corte de cabelo de realidade aumentada, e com isso, um corte de cabelo real. Os clientes poderão testar uma nova tecnologia “apontar e aprender” que permite “simplesmente apontar para o produto no qual estão interessados em um display prateleira”, “para exibir mais informações e opções de compra em um display próximo”. Isso inclui códigos QR para comprar itens específicos.

O Amazon Sale será inicialmente aberto apenas para funcionários da Amazon, pois ainda está em testes. Nas próximas semanas será permitido a entrada de mais pessoas.

LEIA MAIS:

Amazon planeja que seus motoristas façam as montagens dos móveis para clientes

Amazon cancela MMO de Senhor dos Anéis dois anos após anúncio

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: