Xiaomi e Oppo se juntaram ao Google na fabricação de seus próprios chipsets

As fabricantes estão próximas de chegar no mercado eletrônico com seus próprios Chipsets

Por: Aline Rocha Lemos | 10 abril - 15:44

Recentemente saíram na web, muitos rumores de que o Google está fabricando seu próprio chipset para o smartphone Pixel 6, que será o primeiro smartphone do Google a se beneficiar com o chip. No entanto, surgiu um novo relatório que tanto a Xiaomi quando o Oppo se juntarão ao Google no desenvolvimento de silício sob medida.

Segundo o relatório do DigiTimes, os novos processadores personalizados podem chegar no final de 2021 ou no início de 2022.

O relatório não divulga muitos detalhes do que está por vir, mas é claro que a informação não foi verificada, mas será um grande diferencial aos grandes fabricantes da indústria de eletrônicos. O que sabemos até o momento, é que os chips serão conectados com o processadores 5G.

A líder do mercado Apple, já entende bem quando se trata de chips personalizados como o A14 Bionic dentro do IPhone 12, permitindo que funcione hardware e software em conjunto, uma estratégias que está chegando em seus computadores também.

Devido a escassez de chips global, possa ser que demora um pouco para o lançamento se chips próprios do Google, Xiaomi e Oppo. Pois a falta de chips interfere em toda produção desde placas gráficas a tablets.

LEIA MAIS:

Próximo smartphone da linha Pixel, pode ser o primeiro com chip feito pelo Google

Google I/O 2021: edição acontecerá virtualmente no próximo mês

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: