Logitech encerrará vendas de seus controles remotos Harmony

A empresa fornecerá assistência aos seus produtos existentes enquanto "clientes usarem"

Por: Aline Rocha Lemos | 10 abril - 15:11

Logitech é uma companhia com sede na Suíça, fundado em 1981, é uma das líderes no mercado periférico. A empresa produz periféricos para computadores, videogames, telefone móvel e dispositivos de som portátil.

Nesta sexta-feira (09), anunciou que estará encerrando sua linha de controles remotos universais Harmony. Os modelos que estão presentes em estoques, continuará sendo fornecidos e a empresa confirma o suporte e serviço para o controle remoto Harmony “enquanto os clientes o usarem”.

Logitech encerra vendas de seus controles remotos Harmony

Imagem: Divulgação/Logitech

“Embora os controles remotos Harmony estejam e continuem disponíveis por meio de vários varejistas, daqui para frente a Logitech não fabricará mais os controles remotos Harmony”, de acordo com uma postagem no blog de suporte da Logitech.

A fabricante adquiriu a Intrigue Tecnologies, o fabricante original do controle remoto Harmony, em 2004. Os controles remotos universais eram populares entre os consumidores que buscavam um controle remoto pra controlar todos eles, decodificador, console de jogos e dispositivos de streaming.

Os negócios da Logitech deram muito certo da pandemia, já que as pessoas trabalhavam e estudavam em casa, em janeiro a empresa relatou que suas vendas aumentaram 85% ano após ano, para US$ 1,67 bilhões, o suficiente para que a marca ficasse mais popular.

LEIA MAIS:

Xiaomi e Oppo se juntaram ao Google na fabricação de seus próprios chipsets

O DuckDuckGo quer bloquear a tecnologia FLoC do Google para substituição de cookies de terceiros

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: