Rússia quer construir sua própria estação espacial até 2025

A decisão deve ser tomada nos próximos anos com base nas condições técnicas dos módulos da Estação Espacial Internacional (ISS), criada em 1998

Por: Gabrielle Gonçalves | 20 abril - 20:08

No domingo, o vice-primeiro-ministro da Rússia, Yuri Borisov, havia sugerido que o país deixaria a Estação Espacial Internacional (ISS) até 2025, para se concentrar em sua própria estação. Nesta terça-feira (20), a informação foi confirmada por Dmitri Rogozin, diretor da Agência Espacial Russa (Roscosmos). Segundo um comunicado no Telegram, “o primeiro módulo central de uma nova estação orbital russa está em construção”.

Estação Espacial Internacional. Foto: NASA

A Roscosmos atenuou a declaração feita por Borisov. A decisão deve ser tomada nos próximos anos, “com base no estado técnico” da ISS, criada em 1998. Para os russos, ela deixa a desejar porque seus módulos “estão quase no fim de sua vida”.

“Temos 2024 como prazo combinado com nossos parceiros para o trabalho da ISS. Depois disso, as decisões serão tomadas com base nas condições técnicas dos módulos da estação, que estão em sua maioria com vida útil esgotada, bem como nossos planos de implantar uma estação de serviço orbital nacional de próxima geração ”, disse a agência ao jornal russo Interfax.

No início deste mês, cosmonautas russos a bordo da Estação Espacial Internacional haviam reportado novos vazamentos de ar na câmara intermediária do módulo russo Zvezda. Os incidentes se somam a outros vazamentos que já vinham sendo identificados desde o ano passado.

Na opinião de Yuri Borisov, a futura estação espacial russa poderia ser colocada em uma órbita mais elevada que a da ISS e servir de “ponto de transferência intermediário para voos com destino à Lua”. Segundo a Interfax, o projeto deve custar cerca de US$ 6 bilhões.

LEIA MAIS:

Rússia já tem roteiro completo para retornar à Lua após 45 anos

Rússia investiga YouTube por “abuso de posição dominante”

Estados Unidos anunciam sanções políticas e financeiras contra a Rússia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você