Rússia multa Apple por “abuso de posição dominante”

Órgãos reguladores russos acreditam que empresa dá preferência aos seus próprios aplicativos no iOS. Gigante de tecnologia vai recorrer da decisão

Por: Gabrielle Gonçalves | 27 abril - 23:36

Nesta terça-feira (27), a Rússia anunciou uma multa à Apple por “abuso” de posição dominante no mercado ao supostamente dar preferência a seus aplicativos no sistema operacional iOS. A empresa deve pagar 900 milhões de rublos (US$ 12,1 milhões) à agência federal antimonopólio russa.

Foto: Reuters

A denúncia havia sido apresentada pela empresa de segurança virtual Kaspersky Lab. A Apple diz que vai decorrer da decisão na justiça por não concordar com a multa, embora tenha afirmado que respeita a posição da autoridade reguladora do país.

No início de abril, entrou em vigor uma lei na Rússia que exige que todos os celulares, computadores, smart TVs e outros aparelhos venham com uma seleção de apps pré-instalados de desenvolvedores nacionais e aprovados pelo Estado. Isso inclui navegadores, plataformas de mensagens e até mesmo dispositivos antivírus. A Apple foi a principal empresa afetada pela legislação, que chegou até mesmo a ficar conhecida como “A Lei contra a Apple”.

LEIA MAIS:

Apple alterou regras para a Rússia

Rússia investiga YouTube por “abuso de posição dominante”

União Europeia deve acusar Apple de possuir “comportamentos anticompetitivos” nesta semana, diz jornal

Apple decide punir aplicativos que derem “prêmios” em troca da ativação do rastreamento

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: