“Provavelmente, várias pessoas vão morrer no começo”, diz Elon Musk sobre viagens à Marte

O CEO da SpaceX completa dizendo que, mesmo assim, milhares de voluntários, se não milhões, gostariam de ir

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 26 abril - 19:56

Em uma entrevista ao fundador da XPrize, Peter Diamandis, Elon Musk, CEO da SpaceX revelou que, provavelmente, muitas pessoas irão morrer no começo das expedições à Marte.

Segundo o executivo, levar pessoas ao planeta será muito perigoso, mas, em última instância, necessário para a preservação da humanidade e da vida como conhecemos. Ele vê como inevitável que a humanidade se torne um espécie multiplanetária.

“É uma aventura gloriosa. Vai ser fantástico. Você, provavelmente, vai morrer. Vai ser desconfortável e provavelmente não terá comida boa”, completou.

Rido junto de Diamandis, Musk ainda diz que, mesmo com todos esses perigos, ainda terão milhares de voluntários, se não milhões, que gostariam de se arriscar e encarar as viagens.

No mês passado, o protótipo da nave da SpaceX que irá à marte, SN11, explodiu em um teste de aterrissagem. Mesmo sem tripulantes e apenas uma tentativa para desenvolver a tecnologia, esboça bem as dificuldades enfrentadas pelas raça humana na exploração espacial.

Na mesma entrevista, o CEO diz que espera que humanos pousem em marte até 2026. A SpaceX lançou sua primeira missão espacial em parceria com a NASA no ano passado. Na última terça-feira, enviou a segunda equipe em direção à Estação Espacial Internacional.

Veja também:

NASA e SpaceX lançam segunda missão em direção à Estação Espacial Internacional

Nasa contrata SpaceX para levar astronautas à Lua

SpaceX, companhia espacial de Elon Musk lança mais 60 satélites Starlink no último mês

Nave da SpaceX que vai até Marte, explode em teste

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: