Projeto de avião supersônico poderá realizar voo de São Paulo a Paris em 2 horas

A ideia é que a nova tecnologia tenha seu voo teste previsto para 2024

Por: Adriane Garotti | 15 abril - 17:15

A empresa norte-americana de aviação, a Aerion, anunciou na última quarta-feira (14) que está com um novo projeto em desenvolvimento. Eles estão produzindo um avião supersônico, ou seja, uma aeronave que consegue ser mais rápida que a velocidade do som. 

O plano é que o avião da Aerion consiga realizar um voo entre São Paulo e Paris em apenas duas horas. Atualmente, toda essa viagem leva em torno de 11 horas de voo. Então, se o projeto do avião supersônico der certo, esse tempo irá reduzir mais da metade. 

Bancos da parte interna do avião

Ilustração da parte interna. (Foto: Divulgação/Aerion)

Um avião comum, que são os modelos disponíveis no mercado hoje em dia, costuma atingir uma velocidade máxima de 933 km/h. Já o novo modelo, denominado Aerion AS3, faz com que os desenvolvedores acreditem que ele pode atingir a velocidade de 6.200 km/h.

O avião supersônico vai ser capaz de carregar apenas 50 passageiros, mas como o período de viagem dele vai ser bem menor do que estamos acostumados atualmente, é possível que o sistema de fluxo de transporte mude um pouco. Além disso, também vai existir um modelo menor, o AS2, que visa ter capacidade para 12 pessoas. 

Por enquanto, não existe como definir uma data exata para que esse novo avião supersônico comece a fazer parte da nossa rotina de viagens. Porém, a empresa Aerion afirma que as previsões indicam que o primeiro voo teste vai acontecer em 2024. 

Vale lembrar que no início do mês de abril, foi anunciado que a Força Aérea dos Estados Unidos, em parceria com a startup Exosonic, estavam planejando transformar o avião presidencial em um modelo supersônico. Porém, isso só deve começar a acontecer no início de 2030.

LEIA MAIS:

Avião presidencial dos Estados Unidos será supersônico

VSS Imagine é o novo avião espacial da Virgin Galactic

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você