Pela primeira vez, astrônomos observam raios-X em Urano

Os raios de origem ainda desconhecida geraram uma nova imagem do planeta e esses resultados abrem portas para novas explorações espaciais

Por: Gabriel Figueiredo Monteiro. | 03 abril - 19:15

Pela primeira vez, cientistas conseguiram observar raios-X vindos de Urano. A descoberta gerou uma nova imagem do planeta e abre portas para o estudo de outros fenômenos como buracos negros, supernovas e estrelas de íons.

O estudo foi publicado pelo jornal científico JGR Physics e liderado pelo astrônomo Willian Dunn do University College London. Os raios foram observados pelo telescópio Chandra, da Nasa, em órbita com a terra desde 1999 e especialmente preparado para a captação de ondas nesse comprimento.

Agora, o único planeta com essa frequência de onda ainda não captada é Netuno, que foi citado no estudo, mas os cientistas optaram por observar Urano pela maior proximidade de nosso planeta.

Pela primeira vez, astrônomos observam raios-X em Urano

Foto: Reprodução/NASA

Para esse artigo, foram comparados dados capturados em três medições entre os anos de 2002 e 2017. Foram identificados então, raios emanando tanto da atmosfera quanto do anel que circunda o gigante planeta gelado.

Para a origem dessas ondas, os cientistas levantaram duas hipóteses: a interação dos prótons e elétrons que banham o planeta composto majoritariamente por hélio e hidrogênio, com os materiais que formam o anel externo ou em um fenômeno similar ao que acontece na Terra com os raios sendo gerados nas auroras.

No entanto, como o planeta é o único em nosso sistemas que têm seu eixo de rotação inclinado e gira de lado, seu campo magnético é afetado e as essa captação de raios-x pela atmosfera pode ser afetada e complicar os estudos.

Caso seja descoberta essa origem, muitos mistérios de Urano serão revelados para a ciência. Telescópios e emissões de ondas vêm sendo a única forma de estudos do planeta desde a expedição que enviou a nave Voyager 2 em 1986 a sua órbita.

Veja também:

EUA e China tentam evitar colisão entre suas naves em Marte

NASA anuncia primeiro voo motorizado para Marte em Abril

Elon Musk diz que até 2030 a SpaceX vai estar em Marte

Astronauta publica foto de repolho sendo cultivado no espaço

 

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você