Jornalista vende artigo em formato digital por US$ 563 mil

Colunista do jornal New York Times fez um teste nesse mercado virtual

Por: Adriane Garotti | 26 março - 20:24

O jornalista Keven Roose, do New York Times, teve seu artigo vendido em formato digital após um teste dentro desse mercado virtual, que vem se expandindo através de compras de ativos na internet  – que são estabelecidos através do blockchain. Roose trabalha na editoria de tecnologia do jornal e escreveu um artigo explicando como funcionam as vendas por meio NFT – Token não fungível.

A matéria foi comprada pelo valor de US$ 563 mil, em torno de R$ 3,2 milhões na moeda brasileira, por um colecionador que se identificou como Farzin. Agora ele possui os direitos autorais do texto que tem o título “Buy This Column on the Blockchain” (em português: compre esta coluna no Blockchain).

Mas o que é NFT? 

Essa sigla quer dizer “Non-fungible Token” (em português: Token não fungível). Ele representa uma espécie de certificado digital, ou seja, é um comprovante de que algo não físico tem propriedade e exclusividade garantida pelo comprador. 

Todo esse processo ocorre através de registros que são feitos no blockchain, que é como se fosse um local em que são guardados os dados e especificações de compradores e produtos no meio digital. Ele também serve para comprovar que tal produto tem autenticidade no mercado virtual.

O artigo abordou o assuntos como este, de como as vendas em formato digital estão se tornando muito comuns no mundo. O jornalista questionou também se um texto de jornal, como este que foi vendido, seria capaz de chamar a atenção de algum comprador. Roose já tem sua resposta e, na tarde desta quinta-feira (26), tuitou mostrando-se surpreso com a venda.

Os US$ 563 mil serão destinados ao Neediest Cases Fund, programa de doação no qual o jornal The New York Times é um dos principais organizadores.

LEIA MAIS:

Coreia do Sul pretende usar próprio foguete para chegar na Lua em 2030

Entregadores da Amazon precisam aceitar nova política de vigilância, para evitar demissão

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: