Eternit pretende começar a produção de telha solar no Brasil

O produto deve chegar ao mercado ainda em 2021

Por: Adriane Garotti | 28 março - 21:24

A Eternit tem planos para iniciar sua produção em massa de telha solar. Após o produto ter conseguido a certificação necessária do Inmetro, a intenção da empresa é que esse mercado cresça cada vez mais no Brasil. A intenção é que o produto chegue ao mercado no segundo semestre de 2021.

Em entrevista ao podcast “ESG de A a Z” da revista Exame, Luís Augusto Barbosa, presidente do Grupo Eternit, afirmou que todo esse processo de produção e pesquisas das telhas está saindo como esperado. “Seguindo com sucesso as etapas do plano de desenvolvimento”, disse Barbosa. 

Ilustração da telha solar em diversas cores

(Foto: Divulgação/Tégula Solar/Eternit)

As telhas com capacidade de transformar a luz e o calor do sol em energia elétrica mede, cada uma, 36,5 cm por 47,5 cm. É importante informar que, se uma casa pequena pretende instalar essa tecnologia, não é necessário que todo o telhado seja composto por telha solar, apenas 150 já são o suficiente – podendo o restante ser telha comum. 

Um projeto já existente com 560 telhas solares da Eternit, na cidade de Marília, em São Paulo, mostrou que essa tecnologia tem a capacidade de produzir 550 kWh/mês. Esse número tem maior influência quando analisamos no âmbito do preço reduzido na conta, que é equivalente a R$ 390.

A linha de produção da telha solar da Eternit já está acontecendo em uma fábrica em Atibaia, interior de São Paulo. Porém, por enquanto, estão sendo destinados a projetos específicos. A intenção é de que o produto esteja disponível para o grande público ainda neste ano de 2021.

Assista o vídeo explicando como funciona a telha solar:

LEIA MAIS: 

Energia solar pode se tornar mais barata ao redor do mundo

Mochila com Inteligência Artificial está sendo criada pela Intel, para ajudar deficientes visuais

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: