Cientistas desenvolvem rodas dobráveis que podem ser úteis para missões espaciais

Essa tecnologia permite que a roda seja usada em diferentes superfícies sem sofrer danos negativos

Por: Adriane Garotti | 10 abril - 19:25

Cientistas da Coreia do Sul desenvolveram rodas dobráveis que podem passar a ser essenciais para a exploração espacial. Isso se deve ao fato delas conseguirem se adaptar bem à superfície que estiverem, de forma que não sofra qualquer dano em lugares que não sejam completamente planos. 

Elas também são chamadas de “rodas origami”, pois fazem referência à arte japonesa de dobrar papéis e produzir obras em diferentes formas e cores. Por enquanto, essa nova tecnologia está apenas em fase de teste e sem previsão para que possa começar a ser comercializada.

Explicação das rodas dobráveis

(Foto: Reprodução/Science Robotics)

Como funciona a roda

Esses pneus se “dobram” como origamis de acordo com o tipo de superfície que estiver apoiado. Com isso, é capaz de fazer que a estrutura dele se transforme automaticamente, o que dá mais autonomia para o veículo que as rodas estiverem instaladas. 

Tudo acontece através de bombas d’água que permitem que os pneus consigam mudar de forma caso esteja em um local com muitos buracos, totalmente plano, com desvios, impactos fortes e outros casos. A água realiza uma pressão para que toda essa transformação física aconteça com o veículo em movimento. 

Uso das rodas na missão espacial 

Os cientistas acreditam que essa tecnologia será muito útil para exploração espacial, já que as superfícies de outros planetas podem apresentar características muito específicas.

Dae-Young Lee, um dos pesquisadores responsáveis pelo projeto, vê futuro nessa proposta. “Se um rover lunar ou de Marte tivesse a capacidade de alternar entre os formatos de roda ao se mover de rochas para areia macia, isso poderia ajudar suas rodas a ter um desempenho mais otimizado e estender sua vida útil”, afirmou. 

Fonte: site Canaltech

LEIA MAIS:

Sensor desenvolvido por empresa alemã pode evitar atropelamentos

Organização canadense usa Inteligência Artificial para criar músicas de artistas famosos

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: