Baidu consegue autorização para operar ônibus autônomo em cidade da China

O serviço já possui trajeto completo e testa a nova tecnologia da gigante chinesa das buscas

Por: Adriane Garotti | 19 abril - 18:31

A Baidu, um serviço de buscas muito conhecido como “Google chinês”, deu mais um passo em seu projeto de inserção no mercado automotivo elétrico. Agora, a empresa terá uma autorização para começar a circular com seu ônibus autônomo na cidade mais populosa do mundo, Chongqing, na China. 

Muitas empresas conhecidas no meio tecnológico como, por exemplo, Huawei e Xiaomi, também estão investindo no desenvolvimento de veículos elétricos e autônomos, ou seja, aqueles que não necessitam de um motorista operando. Porém, agora a Baidu vai ter o privilégio de transportar pessoas durante o trajeto que seu ônibus elétrico vai realizar. 

ônibus autônomo azul da Baidu

(Foto: Reprodução/ CGTN)

“A cooperação entre Chongqing e Baidu Apollo foi muito melhorada. As duas partes chegaram a uma cooperação estratégica que ajudará a cidade a se tornar uma referência para a indústria nacional de transporte inteligente no futuro”, disse a empresa em nota oficial. 

O trajeto

Por ser uma tecnologia inovadora, porém que ainda está em processo de constante evolução, o ônibus autônomo da Baidu vai ter um trajeto limitado nesse primeiro momento. O serviço envolvendo toda essa novidade para a população da cidade chinesa recebeu o nome de Apollo.

O percurso vai totalizar 10 quilômetros, mas vale lembrar que o veículo vai passar por locais estratégicos da cidade. Serão parte do trajeto duas universidades, um parque urbano e dois lagos cênicos. Para as pessoas que tiverem interesse em viver essa experiência, basta reservar as passagens por meio do aplicativo oficial de transporte da empresa. 

As condições das autoridades

Essa conquista é um grande avanço para o sistema de transporte e locomoção de uma cidade como Chongqing, sendo considerada a mais populosa do mundo. Pensando nisso, as autoridades estabeleceram algumas condições para que o ônibus autônomo pudesse passar a circular com passageiros. 

Entre elas está o comprometimento da Baidu em expandir esse tipo de serviço inteligente e autônomo em outros tipos de veículos, fortalecer a cidade no aspecto de fontes de carregamento para automóveis elétricos e um constante investimento para que essas rotas autônomas sejam as mais seguras possíveis.

Fonte: site Canaltech

LEIA MAIS:

DICA: Como saber quanto de energia gasta um carro elétrico?

Mercedes-Benz traz carro elétrico denominado com máximo de luxo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você