Avião presidencial dos Estados Unidos será supersônico

Força Aérea Americana trabalha no Mach 1.8 desde o ano passado, mas, agora, a CNN americana conseguiu dar uma olhada exclusiva no jato

Por: Gabrielle Gonçalves | 04 abril - 12:14

Desde o ano passado, a Força Aérea dos Estados Unidos trabalha em parceria com a startup Exosonic para transformar a aeronave presidencial, Força Aérea 1, em um avião supersônico. Um avião supersônico é uma aeronave capaz de voar mais rápido que a velocidade do som, que é 1224 Km/h. Agora, a CNN americana conseguiu dar uma olhada exclusiva na cabine, chamada de Mach 1.8 .

Foto: Reprodução/CNN

O avião é um derivado das naves comerciais da Exosonic, que cabem 70 passageiros. O transporte presencial, no entanto, tem espaço para 31 pessoas. O projeto apresenta o que há de mais moderno e luxuoso nos jatos executivos, como acessórios em couro, carvalho e quartzo e suítes privativas para reuniões e para descanso.

As funções dos aviões presidenciais variam de acordo com a necessidade, mas este pode ser usado principalmente como Força Aérea Dois, que transporta o vice-presidente dos EUA.

“Com esse conceito, estamos planejando implementar novas tecnologias que não estão disponíveis hoje ou que você não vê em aeronaves comerciais ou executivas”, disse a principal designer de interiores de aeronaves da Exosonic, Stephanie Chahan, à CNN.

O Mach 1.8 possui um alcance de 5.000 milhas náuticas e deve ser capaz de voar a quase duas vezes a velocidade do som sem incomodar as pessoas que estiverem lá embaixo. O avião supersônico também deve atingir até 2,2 mil km/h, mais que o dobro da velocidade das aeronaves utilizadas hoje.

No entanto, segundo informações da CNN, o Mach 1.8 só deve voar em meados de 2030.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você