Alan Turing, considerado “Pai da computação” terá o rosto estampado em nota de 50 libras

Turing foi grande referência em computação, filósofo com muita inteligência, criou a primeira máquina que conhecemos como "computador"

Por: Aline Rocha Lemos | 27 março - 16:20

Alan Turing, foi um matemático, cientista da computação, filósofo e biológico teórico britânico. Ele foi considerado o pai da computação pois foi um dos primeiros a pensar na possibilidade de uma máquina se tornar inteligente e criou um modelo teórico para um computador universal, na época que ele criou ninguém fazia ideia do que era isso, dessa forma, criou a máquina de Turing, que ficou conhecida mundialmente.

Pai da computação recebe homenagem com rosto estampado em nota de 50 libras

Imagem: Bank of England

Alan se destacou muito por meio de suas ideias, que foi possível desenvolver o que chamamos de computador atualmente, ele ficou muito conhecido também, por ser responsável a decifrar o código utilizado pelas comunicações nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

No entanto, o Banco da Inglaterra apresentou nesta quinta-feira (25), o design da nova nota de 50 libras (£50), que entrará em circulação no país em 23 de junho de 2021.

A nota de polímero também traz uma citação de Turing sobre a ascensão de inteligência da máquina: “Isso é apenas um gostinho do que está por vir, é apenas a sombra do que vai ser”.

Turing foi condenado por indecência grosseira em 1952, por fazer sexo com homem, e foi submetido à castração química com injeções de hormônios femininos para evitar a prisão. Ele perdeu o certificado de segurança para trabalhar com a agência de espionagem britânica GCHQ.

De acordo com inquérito afirmam que Turing, usou cianeto para se matar em 1954, aos 41 anos. E por fim, ele só recebeu o perdão da Rainha Elizabeth em 2013.

LEIA MAIS:

O revolucionário Mac OS X da Apple, completa 20 anos

TDC, maior evento de tecnologia do Brasil, inicia com palestras hoje

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: