Reynaldo Gianecchini - Biografia, Últimas Notícias, Curiosidades, Idade e muito mais!

Reynaldo Gianecchini é um ator brasileiro, sua estreia na televisão ocorreu na novela Laços de Família em 2000 na Rede Globo

O que faz: Ator

Onde nasceu: 12/11/1972 (idade 49 Anos), Birigui, SP

Onde mora atualmente: Rio de Janeiro, RJ

Signo: Escorpião

Elemento do Signo: Água

Biografia Reynaldo Gianecchini

Reynaldo Fernandes Cisotto Gianecchini Júnior, mais conhecido como Reynaldo Gianecchini, é um ator e modelo brasileiro, filho de Heloísa e Reynaldo Gianecchini, o ator tem duas irmãs: Roberta e Cláudia. Reynaldo Giannechini nasceu em Birigui no interior de São Paulo.

Com quem Reynaldo Gianecchini namora?

Entre 1998 e 2006, o ator esteve em um relacionamento sério com a jornalista Marília Gabriel, o casal sempre preservou a relação, pois eram vítimas de comentários maliciosos por parte do público e da mídia. Gianecchini também se envolveu com a atriz Christiane Alves, com a promoter Eloísa Alencar, a cantora Preta Gil e a atriz Carolina Ferraz.

Como Reynaldo Gianecchini descobriu o câncer?

O ator foi internado no Hospital Sírio Libânes em São Paulo para tratar uma faringite crônica em primeiro de agosto de 2011, o tratamento consistia em antibióticos que provocaram uma reação alérgica em Gianecchini. Após diversos exames, o ator foi diagnosticado com um linfoma não Hodgkin, na época Gianecchini tinha 38 anos.

Reynaldo Gianecchini foi submetido a sessões de quimioterapia e a um autotransplante de células-tronco. Em dezembro de 2012, o ator declarou que estava curado da doença.

Qual a sexualidade de Reynaldo Gianecchini?

A sexualidade de Reynaldo Gianecchini é alvo de comentários e curiosidade do público desde a sua fama, o ator em entrevista ao Jornal O Globo assumiu que havia se envolvido sexualmente com outros homens, posteriormente, em suas redes sociais, o ator se declarou pansexual.

Carreira

Entre 1991 e 1998, Reynaldo Gianecchini foi modelo e participou dos principais editoriais de moda e desfiles. Em 1998, o ator estreou nos palcos na peça Cacilda sob a direção de José Celso Martinez, no ano seguinte, Gianecchini repetiu a parceria na peça Boca de Ouro.

Em 2000, o ator estreou na televisão na novela das oito Laços de Família, ele interpretou Edu, seu personagem se envolvia com Helena e Camila, criando o conflito da trama, pois as personagens eram mãe e filha no folhetim. Em 2001, Gianecchini esteve na peça O Príncipe de Copacabana, na televisão, o ator interpretou Ricardo Brandão na novela das sete As Filhas da Mãe e fez um cameo na série infantil Sítio do Picapau Amarelo.

Reynaldo Gianecchini fez a sua estreia no cinema na comédia romântica Avassaladoras em 2002, no mesmo ano, o ator participou interpretou Marlon Brandson no episódio “O Último Golpe do Arouche” na sitcom Sai de Baixo e foi o protagonista Toni na novela das oito Esperança. No ano seguinte, Gianecchini integrou o elenco da peça A Peça Sobre o Bebê e fez participações especiais no Casseta & Planeta, Urgente! e na novela Mulheres Apaixonadas.

Em 2004, o ator foi escolhido para ser o protagonista da novela Da Cor do Pecado, na novela das sete, Gianecchini interpretou os gêmeos Paco e Apolo. No ano seguinte, o ator dublou Rodney Lataria na animação Robôs, interpretou o mecânico Pascoal da Silva na novela Belíssima, Santos Dumont na série infantil Clara e o Chuveiro do Tempo e Zeca no especial de fim de ano A História da Rosa.

Em 2006, o ator ficou por duas temporadas na peça Vossa Excelência, o Candidato e participou do especial de fim de ano Lu onde interpretou EdílsonNo ano seguinte, Giancechini foi o protagonista da novela Sete Pecados onde interpretou Dante Florentino, no mesmo ano, viveu Jorge em Primo Basílio, adaptação cinematográfica da obra do português Eça de Queiroz.

Em 2008, Gianecchini interpretou Rafael na comédia romântica Sexo com Amor?, Roberto no drama romântico Entre Lençois e Dom Pedro I no especial de fim de ano O Natal do Menino Imperador, no teatro, o ator esteve em cartaz com a peça Doce Deleite por duas temporadas. No ano seguinte, o ator interpretou Théo na comédia Divã e Alex no filme biográfico Flordelis – Basta Uma Palavra Para Mudar.

O ator interpretou Fred na novela das oito Passione em 2010, o ator ficou por três temporadas (2011 – 2013) em cartaz com a peça Cruel. Em 2012, Gianecchini fez um cameo na novela Cheias de Charme e interpretou Nando no remake de Guerra dos Sexos. No ano seguinte, ele interpretou André na comédia Se Puder… Dirija! e esteve por duas temporadas na peça A Toca do Coelho (2013 e 2014).

Em 2014, Gianecchini interpretou Cadu na novela das nove Em Família e André na comédia romântica S.O.S. Mulheres ao Mar, no ano seguinte, interpretou o modelo Anthony na série Verdades Secretas e André na sequência da comédia S.O.S. Mulheres ao Mar 2

Em 2016, o ator interpretou Ricardo Steen no drama Meu Amigo Hindu do diretor Hector Babenco e Pedro Guedes Leitão na novela das nove A Lei do Amor. No ano seguinte, Gianecchini interpretou Cristiano no drama Diminuta e esteve no elenco da peça Os Guardas de Taj por duas temporadas. Em 2018, o ator fez um cameo no documentário Ser Tão Velho Cerrado.

Gianecchini retornou à televisão em 2019, ele interpretou Régis Mantovani na novela das nove A Dona do Pedaço, em 2021, o ator faz um cameo e interpretou Fedro no documentário Fédro e, em 2022, Gianecchini interpretou Pastor Matias na segunda temporada da série Bom Dia, Verônica e está em cartaz com a peça Brilho Eterno onde interpreta Jorge Farjalla.