Oscar Filho - Biografia, Últimas Notícias, Curiosidades, Idade e muito mais!

Oscar Filho é um humorista brasileiro e um dos precursores do standy-up comedy no Brasil

Oscar Filho é um humorista brasileiro e um dos precursores do standy-up comedy no Brasil

O que faz: Humorista
Onde nasceu: 22/08/1978 (idade 43 Anos), Atibaia, SP
Onde mora atualmente: São Paulo, SP
Signo: Leão
Elemento do Signo: Fogo

Oscar Filho nas redes sociais Artistas relacionados com Oscar Filho

Perfil: Oscar Filho

Oscar Francisco de Moraes Junior, mais conhecido como Oscar Filho, é um ator, apresentador, humorista, repórter e youtuber brasileiro, nascido na cidade de Atibaia em São Paulo. Oscar começou no humor em 2003 e, em 2005, criou o Clube da Comédia Stand-Up junto com os humoristas Henrique Pantarotto, Marcela Leal, Marcelo Mansfield, Márcio Ribeiro e Rafinha Bastos.

Oscar começou a sua carreira artística no teatro amador em 1991 na sua cidade natal. Em 2000, mudou-se para São Paulo e estudou artes cênicas no Instituto de Arte e Ciência onde formou-se em 2003. Em 2008, Oscar Filho estreou o seu show solo, Putz Grill…, o show ficou em cartaz até 2019 e passou por diversas cidades, tornando-se um sucesso absoluto. Esse show rendeu ao humorista o Prêmio Jovem Brasileiro na categoria de melhor solo standy-up do Brasil em 2011 e foi eleito o melhor show de stand-up no Melhores do Teatro em 2017.

O humorista está em um relacionamento sério com Wili Zeytounlian desde dezembro de 2016.

Oscar Finho no CQC

O humorista foi contratado pela Band em 2008, ele entrou para o grupo de repórteres e ficou no CQC – Custe o Que Custar, entre 2008 e 2014. Oscar Filho foi repórter (2008 – 2012) e, em 2011, ficou responsável pelo quadro Proteste Já do programa. Após a saída de Rafinha Bastos da bancada do CQC, em 2012, o humorista assumiu a função, ele foi co-apresentador do programa por dois anos.

Durante a sua passagem pelo programa que misturava humor, informação e política, o humorista entrevistou a jornalista espanhola Pilar Del Río e o escritor português José Saramago em 2008, trechos da entrevista foram utilizadas no documentário José & Pilar (2010), Oscar Filho também entrevistou o ator americano Tom Cruise.

No quadro Proteste Já fez diversas investigações e denúncias, como a degradação ambiental no povoado de Lajinha (Conceição do Coité, Bahia) em maio de 2012 e o infanticídio de 115 bebês em Caxias, Maranhão, em outubro de 2013. Oscar Filho foi demitido em dezembro de 2013, ele soube da demissão alguns minutos antes de entrar no ar.

Carreira depois do CQC

Em o humorista lançou sua Autobiografia Não Autorizada, o livro serviu de base para o segundo show solo de Oscar Filho lançado em 2020. Em 2015, Oscar Filho estreou no cinema, ele interpretou o vilão Gonzalito no filme Carrossel – O Filme (2015) e retornou para o papel na sequência, Carrossel 2: O sumiço de Maria Joaquina (2016), sua performance foi elogiada pela crítica.

O humorista estreou na Rede Globo em 2016, ele integrou o elenco da terceira temporadamo do programa Tá no Ar e, no mesmo ano, ele participou do sexto episódio do reality show Desafio Celebridades da Discovery. No Multishow, o humorista esteve no elenco regular da sitcom Xilindró (2016 – 2020), Oscar particicipou das quatro temporadas da sitcom. Em 2018, foi um dos participantes da quarta temporada do talent show Dancing Brasil, o humorista fez dupla com a dançarina Dani de Lova, o casal foi o sétimo eliminado da competição.

O humorista foi co-apresentador do talk-show Programa da Maísa entre 2019 e 2020, ele foi contratado pelo SBT em fevereiro de 2019 e o primeiro episódio do programa foi ao ar em março, o talk-show era exibido nas tardes sábados e conseguiu a liderança do horário em alguns momentos. Em 31 de outubro de 2020 foi ao ar o útimo episódio da segunda temporada do Programa da Maísa, o talk-show foi cancelado após Maisa não renovar o seu contrato com o SBT.

Qual a ideologia política de Oscar Filho?

O ex-repórter do CQC em entrevista ao Chupim disse que se considera de Centro tendo opiniões progressistas, mas também se considera tradicionalista.