Zeca Camargo é condenado a pagar R$ 60 mil a família de Cristiano Araújo por danos morais

O apresentador publicou um texto na época da morte do cantor dizendo que “o Brasil precisa de novos heróis e de ídolos de verdade”

Por: Redação Metropolitana | 24 janeiro - 1:22 PM | comentários

Nesta terça-feira (23), Zeca Camargo foi condenado a pagar indenização pro danos morais à família e a empresa que cuidava da carreira de Cristiano Araújo, por conta de uma crônica que o apresentador escreveu logo após a morte do cantor, em 2015. Relembre aqui o caso.

De acordo com a sentença da juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cível e Ambiental de Goiânia, Zeca deverá pagar R$60 mil. O valor será dividido entre João Reis de Araújo, o pai do cantor, e a CA Produções Artísticas Ltda.

 

Em entrevista ao portal F5, o jornalista afirmou que irá recorrer da decisão: “Embora nunca tenha ofendido nem ao cantor nem a ninguém da sua família (e muito menos seus fãs) numa crônica mal interpretada que comentava não sobre a qualidade da uma manifestação artística, mas sobre a repercussão do acontecido na mídia, e apesar de ter pedido desculpas publicamente à época, tomei conhecimento hoje do teor da sentença e vou recorrer”.

Entenda o caso

 

No texto publicado por Zeca, ele afirmou que “o Brasil precisa de novos heróis e de ídolos de verdade” e alegou que os verdadeiros artistas são pessoas como Cazuza e Michael Jackson.

Recentemente, o motorista que de Cristiano Araújo foi condenado pela morte do sertanejo.

O que você achou da decisão? Deixe sue comentário!

Deixe seu comentário