Polêmicas e crimes: Conheça o lado obscuro do Tik Tok

Existe um lado do Tik Tok que poucas pessoas conhecem

Por: Alefy Soares | 28 julho - 16:57

Com o Facebook, Twitter e Instagram, poucas pessoas imaginavam que uma rede social nova chegaria para mexer com a cabeça da galera e simplesmente dominar os assuntos. Eis que o Tik Tok, uma simples – mas inovadora – plataforma de vídeos chega, conquistando a aceitação dos usuários comuns, celebridades e também criminosos. Sim, é isso mesmo o que você leu. 

A plataforma já deixou claro, como era de se esperar, que é contra o assédio sexual, pedofilia e outros crimes, mas a mesma não possui alguma forma realmente eficaz de afastar esse tipo de usuário. 

Imagem: Reprodução

O primeiro país que está sentindo o impacto é a Espanha, que recebeu diversas (o número oficial não foi divulgado pelas autoridades) denúncias de assédio e principalmente pedofilia. Alguns responsáveis de menores revelaram que as crianças publicam um vídeo dançando e alguns pedófilos entraram em contato fingindo ser menor de idade, querendo marcar encontros e pedindo para que nada seja dito para os pais. Além disso, os vídeos das crianças estão indo parar em sites pornográficos, mesmo sem qualquer conteúdo explícito. 

Cecilia Carrión, da Unidade Central Cibercrime da Polícia Nacional espanhola explica que “o problema não são os vídeos que são publicados de crianças dançando. O problema está nos olhos de algumas pessoas que os vêem”. Segundo ela, o Tik Tok se tornou a principal rede para ataques de “predadores sexuais. 

Os representantes do Tik Tok já deixaram claro que estão tentando deixar a rede social cada vez mais segura, mas que os responsáveis pelas crianças não deixem que elas postem vídeos sozinhas e sem supervisão, inclusive no momento da interação.

Os crimes

Além de todas as polêmicas com crianças, adolescentes também estão criando diversas dores de cabeça para o Tik Tok. Um desafio, que está viralizando principalmente nos Estados Unidos, consiste que os americanos façam vídeo imitando vítimas de um dos maiores serial killers do mundo: Ted Bundy. Abaixo, você encontra alguns prints dos vídeos.

  • 1/4 Foto: Reprodução/Tik Tok
  • 2/4 Foto: Reprodução/Tik Tok
  • 3/4 Foto: Reprodução/Tik Tok
  • 4/4 Foto: Reprodução/Tik Tok

Segundo o jornal britânico “The Sun”, a hashtag #TedBundy teria sido usada mais de 1,5 milhão de vezes, sempre acompanhado de vídeos de adolescentes fingindo que foram sequestrados pelo serial killer. 

Em um dos vídeos, uma adolescente diz que está se arrumando para sair com Ted Bundy e, 2 segundos depois, surge com maquiagens que simula agressões e a legenda: “Acho que não deu certo”. 

  • 1/2 Foto: Reprodução/Tik Tok
  • 2/2 Foto: Reprodução/Tik Tok

Tenso!

VEJA TAMBÉM: 

Juliana Caetano, do Bonde do Forró, divulga novo tik tok e fãs piram

Tati Zaqui exibe boa forma e impressiona com gingado em novo vídeo para o TikTok: “Voltei”

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você