Youtuber é condenado a dez anos de prisão por pornografia infantil

Austin Jones admitiu ser culpado e mensagens foram reveladas

Por: Alefy Soares | 06 maio - 17:20

O youtuber e cantor norte-americano, Austin Jones, foi condenado a dez anos de prisão por recebimento de pornografia infantil. A celebridade já havia se declarado culpado em meados de fevereiro, quando admitiu ter incitado fãs de 14 anos a mandarem vídeos sexualmente explícitos em 2016 e 2017.

“A produção e o recebimento de pornografia infantil são ofensas extraordinariamente graves que ameaçam a segurança de nossos filhos e comunidades. As ações de Jones tiraram algo de suas vítimas e de suas famílias que eles nunca conseguirão recuperar”, escreveu a advogada Katherine Neff Welsh.

Foto: Reprodução/Instagram

As autoridades revelaram à revista People o tipo de mensagem que Austin enviava aos fãs mirins: “Você tem que fazer uma introdução para o vídeo. No começo, chegue bem perto e diga: ‘ei, Austin, aqui é [nome] e esta ‘b*nda’ tem [idade] anos. Depois balance por 30 segundos. Entendeu?”, disse Austin. Ambas as garotas, de 14 anos, teriam aceitado o pedido e mandado o material.

Foto: Reprodução/Instagram

“Que incrível seria para você! Ter o seu cantor favorito espancando sua b*nda. Se você tiver sorte, quem sabe eu deixo você me ch*par”, enviou o youtuber em outro momento.

Até o fechamento desta matéria, Austin não se pronunciou sobre o caso.

Deixe seu comentário