Xuxa Meneghel perde processo contra Google para remoção de cena com menor

A apresentadora não poderá recorrer na decisão divulgada pelo tribunal

Por: Alefy Soares | 11 julho - 5:04 PM | comentários

Após um longo processo judicial para retirada de uma cena do filme “Amor, Estranho Amor” das buscas do site. A cena em questão, a atriz aparece nua, aos 19 anos, com um garoto de apenas 12 anos.

Xuxa e Junno Andrade mostram tatuagens iguais: “Destinos traçados na maternidade”

O processo foi julgado em 2° instância e não cabe mais recurso. Procurada para comentar o caso, a apresentadora se pronunciou por meio de sua assessoria de imprensa que “não comenta notas jurídicas”.

Afinal, o que Xuxa queria no processo?

A atriz revelou que o seu nome está vinculado com a palavra “pedofilia”, além de diversas montagens de Xuxa com outras crianças que são encontrados em sites pornográficos e em buscas do Google sem qualquer filtro.

A disputa judicial começou em meados de 2010. O texto divulgado pelo tribunal afirma que “por unanimidade, após rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos de voto”.

O que a apresentadora fala sobre a cena com o menor de idade?

Recentemente, Xuxa comentou o caso em seu Instagram após descobrir que o seu nome está vinculado a palavra “pedofilia”.

“Não gosta de mim, não tem problema. Ótimo, não quero que gostem de mim… Querem me chamar de garota de programa, querem me chamar de pedófila porque fiz um filme quando tinha 18 anos, chamem”, escreveu.

“Aliás, eu gostaria que todo mundo visse o filme, por favor. É muito bom. Querem me chamar de prostituta, chamem, mas existe uma lei chamada Menino Bernardo, que vocês vão ter de aceitar. E essa lei é clara, não pode usar violência contra criança. Eu fiz um cena com uma garoto de 12 anos, mas o momento em si não diz nada. Vejam a cena, depois me critiquem”, completou.

Deixe seu comentário