Walcyr Carrasco e Rede Globo são acusados de plágio em novela, mas Justiça absolve

A informação é do portal 'UOL'

Por: Laís Mylla | 23 abril - 14:24

Segundo informações do portal ‘UOL’, o autor Walcyr Carrasco, da Rede Globo, juntamente à emissora, foram absolvidos de acusações de plágio. A denúncia se referia à supostas cópias na novela ‘O Outro Lado do Paraíso’, exibida na TV Globo entre os anos de 2017 e 2018.

Na ocasião, uma escritora acusou o autor de usar referências iguais às de uma obra literária que tinha como inspiração a história do ‘João de Barro’. Ela solicitou uma indenização de danos morais, avaliada em R$ 500 mil reais, mas teve o pedido negado pela juíza Thania Pereira Teixeira De Carvalho Cardin, da 36ª Vara Cível de São Paulo.

Walcyr enfatizou que as acusações eram falsas e, em seus argumentos de defesa do processo, colocou uma lista com diversas diferenças entre sua obra e a obra de João de Barro. Com a mesma justificativa, a emissora reivindicou as diferenças entre os projetos e garantiu que a novela ‘O Outro Lado do Paraíso’ seria uma releitura da obra ‘O Conde de Monte Cristo’.

A juíza aderiu os argumentos de defesa do autor e da emissora e cravou que os acontecimentos que a autora havia apontado como plágio, são na verdade, corriqueiros em qualquer obra literária. Por fim, a acusação de plágio foi descartada.

LEIA TAMBÉM:

Latino revela que se sentiu humilhado por Anitta após visita em sua casa: “Saí chorando”

Marília Mendonça abre o jogo sobre relacionamentos e opina: “Ficante não é compromisso”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos: