Raquel Pacheco, Bruna Surfistinha é acusada de golpe: “Fiz o acerto e depois disso ela sumiu”

O caso está gerando polêmica nas redes sociais

Por: Alefy Soares | 11 janeiro - 15:24

Raquel Pacheco, mais conhecida como Bruna Surfistinha, está sendo acusada de golpe por seus seguidores. Tudo começou quando um casal a denunciou por fechar uma parceria para um sex shop, mas após todos os acertos, ela simplesmente desapareceu.

Durante entrevista cedida ao Léo Dias, do jornal “O Dia”, o rapaz, que não teve a sua identidade divulgada, contou: “Era R$ 2.500 a parte da sociedade e R$ 100 para comprar a cota de franquias. Eu recebi dois contratos e receberia também uma porcentagem pela venda dos produtos e o lucro da minha franquia, pelo que eu divulgasse. Inclusive eu montaria um sexy shop virtual meu com a marca Bruna Surfistinha”.

Ex-marido de Stefhany Absoluta acusa cantora de dar golpe e sumir

Bruna Surfistinha (Foto: Reprodução/Instagram)

“Eu tinha acertado isso com ela e tenho tudo documentado. Ela me mandou o contrato, pediu pra eu assinar e devolver pra ela, e depois fazer o acerto. Eu fiz o acerto e depois disso ela sumiu”, continuou.

“Quis fechar essa proposta inicial porque ela me ofereceu uma outra parte da sociedade que custaria em torno de 25 mil”, finalizou.

Até o fechamento desta matéria, Bruna não havia se pronunciado oficialmente sobre o caso.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você