Pyong Lee desabafa sobre vida antes da fama: “Comecei minha vida adulta com mais de R$200 mil em dívidas”

O hipnólogo ainda contou que precisou começar a trabalhar aos 12 anos de idade

Por: Maria Luise Brey | 05 novembro - 10:43

Pyong Lee começou o dia relembrando do início da sua vida adulta antes da fama, que começou aos 12 anos. O hipnólogo contou, nesta sexta-feira (5), as dificuldades que passou após perder os pais e precisar começar a trabalhar ainda na adolescência.

Ele começou mandando um recado de positividade para seus seguidores: “Agradecer por todas as coisas boas, porque em qualquer situação que você esteja, sempre tem coisas boas. Tem gente que está programado para ver só as coisas negativas, reclamar, vibrar em frequências negativas e já contamina todo mundo. Agradecer pela família, ter onde dormir, o que comer”.

“Eu já estive muito mal um dia, em relação a várias coisas. Perdi minha mãe com 9 anos, meu pai com 12. Passei por muita dificuldade financeira. Comecei minha vida adulta com mais de R$ 200 mil em dívidas”, revelou ele. “Trabalho desde os 12 anos de idade. Trabalhei como office boy em imobiliária, como corretor de imóveis. Meu tio, que foi meu pai, que me criou, me colocou para trabalhar cedo”, finalizou a história.

Story Pyong Lee

Fonte: Reprodução/ Instagram

De acordo com o colunista Leo Dias, o surfista Gabriel Medina teria assinado um acordo para pagar R$200 mil por mês para a mãe, Simone Medina, por 20 anos. Medina teria aprovado o documento sem se atentar ao compromisso de 20 anos, e inclusive não se lembraria do momento em que o contrato foi feito.

LEIA MAIS:

Paolla Oliveira abre o jogo sobre intimidade com Diogo Nogueira: “Um anjo sem asa”

Luan Santana coloca mansão à venda por R$ 43 milhões

Assista ao Chupim Metropolitana AO VIVO no YouTube:

Inscreva-se no Chupim Metropolitana para não perder as lives!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você