Polícia encontra sangue em roupas íntimas de MC Maylon que acusa vocalista do Molejo de estupro

Ainda não existem informações se o material colhido é compatível com o DNA de Anderson

Por: David Mesquita | 09 fevereiro - 18:53

A Polícia Civil do Rio confirmou nesta terça-feira (9) que foram encontrados vestígio de sangue e esperma nas roupas do músico Maycon Douglas Pinto do Nascimento Adão, conhecido como MC Maylon, que acusa o também cantor, Anderson Leonardo, do grupo Molejo, de estupro.

Em nota, a polícia afirmou que “o laudo na peça de roupa da vítima ficou pronto e comprovou resíduos de sangue e de esperma”. Não foi informado, no entanto, se o material colhido é compatível com o DNA de Anderson, que nega a acusação de estupro e afirma que fez sexo consensual com MC Maylon.

Ainda de acordo com a polícia, funcionários do motel onde teria ocorrido o crime e outras testemunhas vão prestar depoimento ainda nesta semana. Anderson Leonardo foi ouvido na 33ª DP (Realengo), zona oeste do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (5).

MC Maylon acusa o cantor de tê-lo estuprado no dia 11 de dezembro de 2020, após Anderson Leonardo prometer levá-lo a uma reunião e entrar em um motel no Rio de Janeiro. O boletim de ocorrência foi revelado, na quarta-feira (3), pelo colunista do programa ‘A Tarde É Sua’ (RedeTV!),  Alessandro Lo-Bianco.

Após as acusações, Anderson Leonardo afirmou que vai processar e pedir uma indenização a MC Maylon. Leia Mais.

LEIA TAMBÉM:

Após acusação de estupro, ativista LGBTQIA+ quer processar vocalista do Molejo por homofobia

Após acusar vocalista do Molejo por estupro, cantor afirma que tentou suicídio

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos: